Viagens

Viaje no tempo no Maxime Hotel, em Lisboa

O antigo cabaret transformou-se em hotel, trazendo de volta a alma do símbolo da vida boémia lisboeta que remonta a meados do século XX.
Por Aline Fernandez, 08.03.2019

Para quem nunca ouviu as histórias, o Maxime Dancing inaugurou a 30 de novembro de 1949, na Praça da Alegria, em Lisboa. O moderno cabaret inspirava-se no antigo Maxim’s, um dos mais emblemáticos e luxuosos clubes noturnos da capital, que ficava nos Restauradores na década de 1920, e conseguiu ser ainda mais memorável.

A começar pelo edifício, projetado pelo arquiteto João Simões e propriedade de Carlos Cabeleira. No dia da inauguração, estiveram presentes duas orquestras, uma portuguesa e uma espanhola e atuaram nomes como Anita de Montilla, conhecida como a "bailarina dos pés de bronze", ou a dupla portuguesa Linda & Constant, na altura o melhor par coreográfico de Portugal. O Maxime tornou-se, assim, num dos grandes acontecimentos da noite de Lisboa.

Mesmo ao lado do Parque Mayer, passou a ser um dos destinos favoritos da alta sociedade depois de sair do cinema e do teatro. António Calvário, Simone de Oliveira, Tony de Matos e até o espanhol Julio Iglesias cantaram por lá.

Depois de alguns altos e baixos, em 2006, Manuel João Vieira lá tentou recriar um cabaret português. Quando o cantor e Bo Backstrom assumiram a gerência, o Maxime voltou a ganhar espaço no roteiro da noite da cidade, sendo o lugar que relançou a carreira de José Cid e por onde passaram os atores d' Os Sopranos Michael Imperioli e John Ventimiglia e onde bandas portugueses como os Deolinda deram alguns dos seus primeiros concertos. Mas em 2011, o M vermelho apagou-se e o Maxime fechou as portas.

Agora faz-se hotel no mesmo número 58 da Praça da Alegria e está mais apaixonante que nunca. São 75 quartos – 70 duplos deluxe e cinco quartos duplos temáticos, cada inspirado pelo tema do respetivo andar: burlesque, bondage, dressing room, bar e stage – sempre com a estética do cabaret como referência. O boutique hotel convida-nos a viajar no tempo e explora a sensualidade com muito bom gosto.

Há ainda um restaurante e um bar – do balcão saem deliciosos cocktails–, onde é possível assistir a espetáculos todas as sextas-feiras e sábados. Às quintas-feiras, o espaço recebe apresentações de stand-up comedy. O palco principal cheio de história foi redecorado pela artista plástica e designer Alexandra Prieto. Antes de jantar ou de seguir para um dos quartos, preste atenção à entrada. Perto recepção há um peep show, onde pode espiar um filme antigo passado num cabaret. Afinal, está oficialmente no hotel mais sexy de Lisboa.

Onde? Praça da Alegria 58, 1250-004 Lisboa. Quando? Almoço de segunda a sexta-feira das 12h30 às 15h (€14), jantar das 19h30 às 23:00, exceto aos domingos. Dias de espetáculo residente: Sexta-feira e sábado das 20h30 às 23h30 (jantar + show = €69). Maxime Comedy Club nas quintas-feiras às 22h (€10). Quarto a partir dos €160. Reservas: 218 760 000 e askme@maximehotellisbon.com.

O Maxime agora faz-se hotel no mesmo número 58 da Praça da Alegria, em Lisboa
O balcão do bar do Maxime já foi o maior da Europa
São 70 lugares no restaurante e 26 lugares no bar
Os dias de espetáculo residente são sexta-feira e sábado das 20h30 às 23h30 (jantar + show = €69). O Maxime Comedy Club é realizado nas quintas-feiras às 22h (€10)
O palco principal foi decorado pela artista plástica e designer Alexandra Prieto
Há espetáculos todas as sextas-feiras e sábados
O chef Luca Bordino
RAW FETICHE: Ceviche de peixe branco com leche de toro, beterraba, sour cream e compota de cebola roxa
MAGRET MADNESS: Carpaccio de magret de pato fumado, óleo de pinhão, pistácio caramelizado em balsâmico, maçã Granny Smith e pickle de malagueta verde
HANDS OFF MY DUCK: Empada de pato com foie gras e cogumelos, puré de batata trufado e salada com vinagrete de champanhe
PORTUGUESE WONDERLAND: O nosso bacalhau à Brás, com bacalhau confitado, batata palha, cebola caramelizada, espuma de bacalhau, ovo a baixa temperatura e azeitona preta e verde
BOMBE LISBONNE: Merengue italiano, mousse de ginja, maracujá, fofo de cacau e morango
Quarto duplo temático Burlesque
Quarto duplo temático Burlesque
Quarto duplo temático Bondage
Quarto duplo temático Bondage
Quarto duplo temático Dressing Room
Quarto duplo temático Dressing Room
Quarto duplo temático Bar
Quarto duplo temático Bar
Quarto duplo temático Stage
Quarto duplo temático Stage
Quarto duplo deluxe
Quarto duplo deluxe
Quarto duplo deluxe
Quarto duplo deluxe
Quarto duplo deluxe
O Maxime agora faz-se hotel no mesmo número 58 da Praça da Alegria, em Lisboa
O balcão do bar do Maxime já foi o maior da Europa
São 70 lugares no restaurante e 26 lugares no bar
Os dias de espetáculo residente são sexta-feira e sábado das 20h30 às 23h30 (jantar + show = €69). O Maxime Comedy Club é realizado nas quintas-feiras às 22h (€10)
O palco principal foi decorado pela artista plástica e designer Alexandra Prieto
Há espetáculos todas as sextas-feiras e sábados
O chef Luca Bordino
RAW FETICHE: Ceviche de peixe branco com leche de toro, beterraba, sour cream e compota de cebola roxa
MAGRET MADNESS: Carpaccio de magret de pato fumado, óleo de pinhão, pistácio caramelizado em balsâmico, maçã Granny Smith e pickle de malagueta verde
HANDS OFF MY DUCK: Empada de pato com foie gras e cogumelos, puré de batata trufado e salada com vinagrete de champanhe
PORTUGUESE WONDERLAND: O nosso bacalhau à Brás, com bacalhau confitado, batata palha, cebola caramelizada, espuma de bacalhau, ovo a baixa temperatura e azeitona preta e verde
BOMBE LISBONNE: Merengue italiano, mousse de ginja, maracujá, fofo de cacau e morango
Quarto duplo temático Burlesque
Quarto duplo temático Burlesque
Quarto duplo temático Bondage
Quarto duplo temático Bondage
Quarto duplo temático Dressing Room
Quarto duplo temático Dressing Room
Quarto duplo temático Bar
Quarto duplo temático Bar
Quarto duplo temático Stage
Quarto duplo temático Stage
Quarto duplo deluxe
Quarto duplo deluxe
Quarto duplo deluxe
Quarto duplo deluxe
Quarto duplo deluxe
O Maxime agora faz-se hotel no mesmo número 58 da Praça da Alegria, em Lisboa
Viaje no tempo no Maxime Hotel, em Lisboa
Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
Vídeos recomendados
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!