Gourmet

As estrelas portuguesas no Guia Michelin para 2020

Um restaurante elevou-se às duas estrelas, quatro novos recebem a sua primeira estrela e três perderam a distinção. Listamos os 27 restaurantes galardoados de norte a sul do país, incluindo as novidades, para conhecer já.
Por Aline Fernandez, 21.11.2019

A apresentação do Guia Michelin Espanha & Portugal 2020 decorreu esta quarta-feira, 20 de novembro, no Teatro Lope de Vega, em Sevilha. As novidades para Portugal foram a Casa de Chá Boa Nova, do chef Rui Paula, que alcança agora as duas estrelas – três anos após a primeira, na edição de 2017 – e a entrada de quatro novos restaurantes.

Estreiam-se o Fifty Seconds by Martin Berasategui e o Epur, em Lisboa, o Mesa de Lemos, em Viseu, e o Vistas, no Algarve. O chef espanhol Martín Berasategui continua a somar estrelas, sendo esta a primeira em Portugal, à qual se junta agora outra pelo Ola Martín Berasategui, no hotel Tayko em Bilbao. O chef basco possui um total de 12 estrelas Michelin, distribuídas por diversos restaurantes e repartidas pelos três níveis da premiação.

E ao contrário do que havia acontecido nas últimas três edições do galardão, em que nenhum restaurante perdeu a sua estrela, em 2020 houve supressão a três restaurantes nacionais: O L’And and Vineyards em Montemor-o-Novo, que volta a perder a estrela (aconteceu em 2016, tendo-a recuperado no ano seguinte), o Willie’s, que mantinha a sua estrela desde 2006, e o Henrique Leis, em Almancil, restaurante com o mesmo nome do seu chef, que em setembro deste ano declarou que pretendia sair da classificação, conquistada em 2001.

O catalão José Vallés, responsável pela equipa de inspetores da distinção, chamou a atenção no comunicado de imprensa do guia para a dispersão de restaurantes fora dos grandes centros urbanos, onde se têm abordado novas técnicas culinárias conjugadas com os sabores locais. Um bom exemplo disso é o Mesa de Lemos, onde o chef Diogo Rocha criou uma verdadeira experiência gastronómica associada à Quinta de Lemos, em Silgueiros, Viseu.

Esta edição ibérica do guia para 2020 marca os 110 anos da publicação francesa nos dois países, contudo a Michelin foi fundada em 1889 na cidade de Clermont-Ferrand, em França, celebrando assim 130 anos este ano.

Veja em baixo a lista dos 27 restaurantes galardoados de norte a sul do país no Guia Michelin Espanha & Portugal 2020:

2 estrelas Michelin

  1. Alma (Henrique Sá Pessoa, Lisboa)
  2. Belcanto (José Avillez, Lisboa)
  3. Casa de Chá Boa Nova (Rui Paula, Leça da Palmeira)
  4. Il Gallo d’Oro (Benoit Sinthon, Funchal)
  5. Ocean (Hans Neuner, Alporchinhos)
  6. The Yeatman (Ricardo Costa, Vila Nova de Gaia)
  7. Vila Joya (Dieter Koschina, Albufeira)

1 estrela Michelin

  1. A Cozinha (António Loureiro, Guimarães)
  2. Antiqvvm (Vitor Matos, Porto)
  3. Bon Bon (Louis Anjos, Carvoeiro)
  4. Casa da Calçada (Tiago Bonito, Amarante)
  5. Eleven (Joachim Koerper, Lisboa)
  6. Epur (Vicent Farges, Lisboa)
  7. Feitoria (João Rodrigues, Lisboa)
  8. Fifty Seconds by Martin Berasategui (Martín Berasategui, Lisboa)
  9. Fortaleza do Guincho (Gil Fernandes, Cascais)
  10. G Pousada Restaurante (Óscar Gonçalves, Bragança)
  11. Gusto by Heinz Beck (Heinz Beck, Almancil)
  12. Lab by Sergi Arola (Sergi Arola, Sintra)
  13. Largo do Paço (Tiago Bonito, Amarante)
  14. Loco (Alexandre Silva, Lisboa)
  15. Mesa de Lemos (Diogo Rocha, Viseu)
  16. Midori (Pedro Almeida, Sintra)
  17. Pedro Lemos (Pedro Lemos, Porto)
  18. São Gabriel (Leonel Pereira, Almancil)
  19. Vistas (João Oliveira, Portimão)
  20. William (Luís Pestana, Funchal)
Tags: guia michelin 2020 portugal restaurante gastronomia cozinha chef
Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
Vídeos recomendados
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!