Viagens & Gourmet

A desculpa gastronómica perfeita para ir até Torres Vedras

Sentamo-nos à mesa do Grande Escolha, o restaurante do hotel Dolce By Wyndham CampoReal Lisboa, para provar as novas propostas de verão criados pelo chef Rui Fernandes.
Por Aline Fernandez, 14.08.2019

Há novidades na carta, a pensar nos dias mais quentes, mas a essência é a mesma. Come-se bem e com qualidade. E há um extra, a linda vista para o campo, já que o Grande Escolha está rodeado de área verde protegida – e também a 15 minutos da praia de Santa Cruz.

É difícil tirar os olhos da paisagem, mas o Corneto de queijo de cabra e ginja com elas (€8) faz-nos imediatamente desviar o olhar para a mesa. À primeira dentada, já não queremos saber de mais nada. Fresco, leve e saboroso, este cone é feito com orégãos e azeite com gel de ginjinha – sim, gel e não redução, porque mantém o sabor original da bebida e tem menos álcool. Para as entradas há também um sabor oriental com as Duas ostras frescas (€10) com molho ponzu e Wakame com sésamo, que vão na perfeição com o espumante bruto Quinta do Gradil, do concelho de Cadaval, um toque de acidez para acompanhar o sabor a mar.

O menu de degustação de seis pratos servido aos sábados é o reflexo da cozinha do restaurante de fine dining e os vinhos da região são a base da carta. Algumas das delícias que aqui se servem são inspiradas por diversos países europeus, como o Pregado na chapa, algas e fideuà de caldeirada (€25), uma receita espanhola que confere mais cremosidade e sabor ao prato. "Sirvo sempre os peixes com a pele e é a gordura do próprio peixe que dá sabor à carne", explica-nos o simpático chef Rui Fernandes. Os legumes que acompanham o pregado dão o equilíbrio necessário.

O lado francês da carta está no Magret de pato, risotto de pêra rocha, rúcula e foie gras (€25). O silêncio na mesa que se fez na messa disse tudo. Absolutamente delicioso. "Os pratos são uma grande mistura das nossas culturas. Há cada vez mais pessoas abertas ao mundo e não só na nossa região", explicou o chef sobre a diversidade de gastronomias aqui exploradas. Outra nova opção da carta é o novilho do vão com maturação de 40 dias e o gnocchi com molho caponata.

As sobremesas traduzem na perfeição a experiência entre o sabor e a visão, tão bonitas que quase nos impedem de as comer – quase, porque depois de tamanho banquete, não poderíamos recusar a provar os doces. A pré-sobremesa garante bem a transição de sabor para a intensidade seguinte. Comece pela Torta de Azeitão & G'vine (€8), que não leva farinha e é feita com doce de ovos, geleia e licor de amor-perfeito, e finalize em grande com o Chocolate Valrhona 70% (€8), uma ganache de chocolate, com mousse e pérolas de caramelo salgado. Antes de ir, não deixe de pedir a aguardente Vínica Lourinhã (Extra Old). Pode ser a desculpa perfeita para pedir um quarto e ficar pelo hotel Dolce By Wyndham CampoReal.

O quê? Restaurante Grande Escolha. Onde? No Hotel Dolce CampoReal Lisboa, na Rua do Campo,  Torres Vedras. Quando? Todos os dias das 19h às 22h. Reservas: 261 960 900 | camporeal.guestservices@dolce.com.

Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
Vídeos recomendados
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!