Fitness & Nutrição

O que comer para ter um cérebro saudável

Porque o que conta é (mesmo) o interior.
Por Andreia Rodrigues, 04.04.2018
Quando pensa em adotar um estilo de vida mais saudável, é provável que a sua principal motivação seja melhorar o exterior. Embora seja um motivo válido e com a sua devida importância (não queremos ser cínicas), nunca é demais lembrar que as mudanças devem começar no interior e que o corpo só vai parecer saudável se efetivamente o for.

Assim sendo, o cérebro deve ser uma das suas prioridades, já que este está encarregado de controlar e regular a maioria das funções do corpo e da mente. Os especialistas recomendam que este seja treinado, quer através da leitura quer através de jogos, mas a nutrição também não deve ser deixada de lado, já que tem importância na função cognitiva.

"Estamos a começar a compreender melhor o impacto da nutrição na aprendizagem e na memória, desde a infância à idade adulta", afirma Matt Kuchan, cientista que estuda a ligação entre a saúde do cérebro e a nutrição na Abbot, em entrevista à Byrdie.

Quanto aos alimentos que beneficiam a saúde do cérebro, o especialista em medicina osteopática Christopher Calapai aponta os frutos com cores fortes, nomeadamente o mirtilo. Este fruto "é rico em fibra e vitaminas C e K e contém níveis altos de ácido gálico, que protege o nosso cérebro da degeneração e stress", explica.
Segundo Matt Kuchan, alimentos que contêm luteína e zeaxantina, como é o caso dos legumes de folha verde (couve, espinafres, brócolos), são também muito benéficos, pois ajudam na memória e na velocidade de processamento da informação.   

Também as especiarias ocupam um lugar importante na prevenção de doenças, como a demência. De acordo com Mike Dow, especialista na saúde do cérebro, o açafrão é um agente inflamatório e a pimenta preta ajuda a digeri-lo, ou seja, quando combinados, previnem um conjunto de doenças nas quais existe deterioração do desempenho cognitivo e comportamental.

Os frutos secos e as sementes são ricos em ómega 3 que, segundo Matt Kuchan, "têm um papel essencial na preservação das funções cognitivas e desaceleram o envelhecimento do cérebro". Estes são ainda ricos em vitamina E, que "está ligada à memória, visão e desenvolvimento da linguagem", afirma Kuchan. Por esse motivo, o especialista recomenda nozes, avelã, castanha-do-Brasil, amêndoa, caju, amendoim e sementes de girassol. Menciona ainda o abacate, também ele rico em vitamina E. E também rico em ómega 3, temos o peixe.

Quanto às bebidas, sabia que o café que bebe todas as manhãs para acordar pode, de facto, contribuir para a saúde do seu cérebro? Segundo Mike Dow, o café e o chá preto são neuroprotetores, tudo graças à combinação de antioxidantes.

 

Tags: cérebro nutrição benefícios
Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!