Lifestyle

Sal, açúcar e gorduras. Conheça as metas de redução até 2023

A Direcção-Geral de Saúde assina esta quinta-feira com várias associações agro-alimentares e da distribuição um acordo para reduzir a quantidade de sal, açucar e gorduras trans em mais de dois mil produtos. As metas deverão ser alcançadas até 2022 ou 2023. Saiba quais são.
Por Jornal de Negócios, 02.05.2019
São assinados esta quinta-feira protocolos entre o Governo, a Federação das Indústrias Portuguesas Agro-Alimentares e a Associação Portuguesa das Empresas de Distribuição (APED) e outras organizações setoriais para reduzir o sal, o açucar e as gorduras trans em mais de dois mil produtos.

"Este processo ganha um elemento inovador, pelo facto de incorporar um robusto sistema de monitorização independente, conduzido pela Nielsen e pelo Instituto Nacional de Saúde, que irá permitir monitorizar a evolução da composição nutricional dos produtos que representam 80% das vendas das várias categorias, apresentando balanços anuais com base na média ponderada por volume de vendas, o que canaliza os processos de reformulação para os produtos mais consumidos", refere um comunicado conjunto da FIPA e da APED.

Conheça as metas de redução até 2022 ou 2023.
Tags: aped governo federação das indústrias portuguesas agro-alimentares instituto nacional de saúde associação portuguesa das empresas de distribuição nielsen fipa economia negócios e finanças informação sobre empresas
Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!