Comportamento

Marcha Feminina Anti-Trump

Tudo o que precisa de saber sobre a Marcha das Mulheres contra as políticas de Donald Trump. Portugal também vai participar.
Por Máxima, 19.01.2017

A Marcha das Mulheres está prevista para o próximo sábado, dia 21 de janeiro, em Washington, precisamente um dia depois da tomada de posse de Donald Trump como Presidente dos Estados Unidos. São esperadas mais de 200 mil pessoas nesta marcha que, apesar de ter nome feminino, não se destina somente às mulheres.

Todos aqueles que se sentem visados ou que simplesmente não concordam com a campanha sexista e xenófoba de Donald Trump são convidados a participar. O objetivo principal é dar voz aos direitos das mulheres e à luta pela igualdade de género, fazendo ver ao presidente eleito que não pode ignorar os cerca de 65 milhões de norte-americanos que votaram contra ele.

São muitas e sobejamente conhecidas as polémicas em torno da figura de Donald Trump. O seu discurso ao longo de toda a campanha eleitoral norte-americana foi sempre no sentido de menosprezar o papel das mulheres na sociedade em geral e no de contra-atacar as minorias.

Já existe um site oficial onde poderá encontrar toda a informação sobre a organização desta marcha. Em Portugal também já existem preparativos para uma marcha marcada para o mesmo dia. 

Onde e quando é a marcha?

A marcha principal terá lugar em Washington, dia 21 de janeiro, pelas 10 horas da manhã. Mas existem outras marchas a decorrer em todo o mundo.

Quem organiza?

A marcha foi organizada por um grupo de vários ativistas dos Direitos Humanos, jornalistas, advogados e muitos mais. Poderá conhecê-los mais ao pormenor aqui

Para além das pessoas que organizam, existem já vários nomes de celebridades associadas a esta marcha. É o caso de Amy Schumer, America Ferrara, Zendaya e Madonna. Esta últim,a chegou mesmo a fazer um apelo através da rede social Instagram com uma imagem que causou bastante polémica (ver na fotogaleria acima).

Mais recentemente, Madonna voltou a partilhar uma imagem sugerindo um pedido de ajuda ao Super Homem para salvar a América de Donald Trump:

@michaelforbesartist ♥? ♥? ♥? Superman (or woman) to the rescue!!

A photo posted by Madonna (@madonna) on

 

Quem não pode estar em Washington, como pode fazer parte da marcha?

A organização conta já com muitos registos internacionais e são já mais de 700 mil pessoas que se vão juntar solidariamente a esta marcha e mais de 600 marchas em outros pontos do mundo. É possível obter essa informação aqui

Em Portugal está prevista uma marcha em quatro pontos diferentes do país, no mesmo dia (21 de janeiro), e pelas 15h00:
- Em Lisboa, junto à Embaixada dos Estados Unidos (Avenida das Forças Armadas)
- No Porto, junto à Praça dos Poveiros  
- Em Braga, junto à Praça da República
- Em Coimbra, junto À Praça 8 de maio
Para estas marchas em específico foi até já criado um hashtag: #NãoSejasTrump

Para quem não pode estar presente em nenhuma marcha

Quem quiser, pode sempre acompanhar cada minuto da marcha através do Facebook e partilhar algumas imagens que demonstrem a razão pela qual apoiam esta causa, colocando sempre a hashtag #WhyIMarch



Reveja também aqui o artigo Hollywood Contra Trump!



Por Ângela Mata

Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!