Bem Estar

Como prevenir o cancro do ovário

A 8 de maio assinala-se o Dia Mundial do Cancro do Ovário. Conheça os sintomas e saiba como preveni-lo.
Por Rita Silva Avelar, 08.05.2018

O cancro do ovário é o 7.º tipo de cancro diagnosticado com mais frequência nas mulheres em todo o mundo, e em Portugal o 8.º. Por mês, 30 mulheres portuguesas morrem vítimas de cancro no ovário. A probabilidade de vencer esta doença com um diagnóstico precoce é de 92%, mas 60% dos casos em todo o mundo são diagnosticados num estádio avançado da doença, o que diminui a probabilidade de sobrevivência para 28%.

No dia 8 de maio, o Dia Mundial do Cancro do Ovário, a Liga Portuguesa Contra o Cancro deixa o alerta, em forma de campanha, que chama a atenção para os sinais e sintomas e, acima de tudo, a necessidade de consultas regulares com um médico especialista. A par desta iniciativa a organização acaba de revelar o vídeo Por Mim, que ilustra uma perspetiva da doença na primeira pessoa, dando voz a duas doentes, respetivos familiares e profissionais de saúde.

Os sintomas mais comuns são o inchaço contínuo, sensação de enfartamento, dor abdominal ou pélvica, necessidade urgente e frequente de urinar, facilmente associados a outros problemas. Existem também fatores de risco associados, como a idade (a incidência aumenta com o passar dos anos e a maioria dos casos ocorre após a menopausa), fatores reprodutivos e endócrinos, ambientais, obesidade e predisposição genética (história familiar da doença).

Segundo os dados existentes, 39% das mulheres que herdam uma mutação do gene BRCA1 têm maior probabilidade de desenvolver cancro no ovário até aos 70 anos, o mesmo acontecendo 11 a 17% das que herdam uma mutação do gene BRCA2.


 

Tags: portugal dia mundial do cancro do ovário liga portuguesa contra o cancro saúde doenças cancro prevenir
Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!