Decoração

IKEA revela as tendências de decoração para 2020

Falou-se em sustentabilidade, digitalização e urbanização como as novas macro tendências do próximo ano.
Por Marta Vieira, 30.07.2019

Desde a sua fundação (na Suécia, em 1943 por Ingvar Kamprad) que a Ikea tem estado na vanguarda da decoração, e foi a empresa responsável por democratizar o acesso à mesma, ao desenhar e vender peças para a casa a valores considerados acessíveis a todos. Como já vendo sendo habitual todos os anos, a Ikea apresentou as tendências da decoração para 2020,antevendo as macro tendências de sustentabilidade, digitalização e urbanização que estarão presentes nas suas próximas coleções.

De acordo com Cláudia Domingues, diretora de comunicação e sustentabilidade da Ikea Portugal, foram os estudos realizados pela gigante sueca que ditaram estas tendências. "Os nossos estudos indicam que estes fenómenos sociais estão a impactar a forma como vivemos e nos relacionamos uns com os outros. Hoje em dia, 16% dos portugueses sente que a ligação wi-fi em casa é mais importante do que o espaço social. Enquanto especialistas na vida em casa, procuramos compreender a influência das macro tendências no nosso dia-a-dia e, através desse conhecimento, desenvolver soluções de design e decoração cada vez mais relevantes e acessíveis à maioria das pessoas.".

No campo da digitalização e tecnologia, a Ikea apresenta duas novas coleções prontas a entrar em sua casa, a Symfonisk disponível a partir de agosto e a Frekvens, disponível a partir de fevereiro. Ambas têm como proposta integrar o som no ambiente e decoração da casa. A primeira, baseada numa parceria com a Sonos, empresa norte-americana de sistemas de som de alta qualidade, apresenta uma coluna wi-fi que serve também o propósito de candeeiro e prateleira. A segunda apresenta colunas de som portáteis para os mais jovens.

Coleção Symfonisk, Ikea 2020
A carregar o vídeo ...
Novidades Ikea para 2020

No âmbito da urbanização, valoriza-se a flexibilidade e a criatividade, mas também a eficiência, uma vez que hoje em dia há uma grande afluência no que às mudanças de casa diz respeito. Assim surge a coleção Ombyte, com produtos que facilitam esse movimento mas também que sejam soluções com criatividade para a decoração e organização da casa, principalmente de uma casa de pequenas dimensões. Esta coleção chega em agosto e, três meses depois, surge a muito esperada Markerad, uma coleção em parceria com o artista Virgil Abloh, diretor criativo da Louis Vuitton, um statement de design a preços acessíveis.

Coleção Ombyte, Ikea 2020

Por fim, no que toca ao tão importante tema da sustentabilidade, a Ikea apresenta alguns objetivos muito claros, como deixar de vender produtos de plástico de uso único, usar somente poliéster reciclado nos seus têxteis e utilizar madeira para os seus artigos, proveniente de formas mais responsáveis, tal como já acontece com o algodão. E tudo isto até ao final de 2020. Por sua vez, a partir de 2030 pretende-se unicamente o uso de materiais reciclados e/ou renováveis em todos os artigos para a casa.

A empresa Ikea chegou a Portugal em 2004 e atualmente com cinco lojas espalhadas pelo país: em Alfragide, Matosinhos, Loures, Braga e Loulé.

Novidades Ikea, agosto
Tags: ikea portugal tendências decoração sustentabilidade digitalização urbanização
Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
Vídeos recomendados
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!