Comportamento

Como limpar o telemóvel corretamente (e ajudar na proteção contra o coronavírus)

Passo um: parar de tocar no seu rosto. Passo dois: limpar seja o que for que toque no seu rosto. E fazê-lo por completo não é tão simples quanto parece, mas nós explicamos.
Por Aline Fernandez, 16.03.2020

Especialistas acreditam que, se não fizermos todos a nossa parte na prevenção e contenção do vírus, o novo Covid-19 ainda irá atingir o seu pico de proliferação em Portugal. Como já foi amplamente divulgado, uma das melhores maneiras de se proteger é manter as mãos limpas com água e sabão (ou com uma solução alcoólica) e também evitar tocar no rosto.

Dito isto, as mãos ou quaisquer objetos que ponha em contacto com a face devem ser higienizados  o telemóvel é um dos principais "inimigos" em períodos de epidemia. O Centro de Controlo e Prevenção de Doenças considera o telefone uma "superfície de alto contacto", o que pode torná-lo portador do novo coronavírus, por isso mantê-lo constantemente higienizado é tão importante como manter os germes e bactérias longes dos seus dedos.

Um estudo de 2017 publicado na revista Germs encontrou uma série de bactérias, vírus e patógenos em 27 telefones pertencentes a adolescentes. Os cientistas deste estudo "supõem que isso possa desempenhar um papel na disseminação de agentes infeciosos na comunidade". Num momento de pandemia, pode-se aproveitar para rever hábitos e parar de carregar o seu telemóvel em vários locais, desde a casa de banho à cozinha.

Não há dúvida que devemos limpar este objeto, porém uma limpeza por completo do telemóvel não é tão simples quanto parece. Tenha cuidado com qualquer tipo de humidade em contacto com o telefone, porque pode interferir nas suas funções. A Apple, por exemplo, não recomenda que as pessoas usem produtos de limpeza em spray ou produtos muito abrasivos. Não use nada com lixívia, nem aerossóis, afinal precisa que o seu telefone funcione, mesmo que o queira limpo. E provavelmente não é preciso dizer, mas nunca mergulhe o seu telefone em qualquer tipo de líquido, mesmo sendo este a melhor solução alcoólica. 

A limpeza será eficiente da mesma maneira que fazemos com as nossas mãos, com produtos que contenham mais de 70% de álcool isopropílico. Toalhetes desinfetantes registados pela Agência de Proteção Ambiental também são eficazes. Lembre-se de usar luvas descartáveis e lavar bem as mãos depois de terminar. A mesma limpeza vale para a capa do telefone, limpe-a completamente por dentro e por fora e espere secar antes de pô-la novamente. Se estiver a usar o seu dispositivo para chamadas a partir de fones com Bluetooth  que são uma ótima opção para mantê-los longe do seu rosto  não se esqueça de limpá-los também. Ou os fones comuns.

Vale a pena relembrar que as pesquisas sobre o novo Covid-19 ainda estão nas primeiras etapas e ainda não se sabe quanto tempo o vírus pode ficar numa superfície, mas as evidências dos antigos coronavírus sugerem que podem resistir até nove dias.

Tags: coronavírus covid-19 limpeza telefone telemóvel epidemia pandemia
Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
Vídeos recomendados
1 Comentários
jose guerreiro Como ajudar quem não vive com 189€, do RSI, pois é impossível.Para procurar emprego, ter roupa decente, alimentação, depois se tiver trabalho tem de comer no 1 mês, sem ajudas externas não consegue.Me deixem apodrecer, pois olham sempre para o lado, não sou toxicodependente, nem alcoólico, sou licenciado e tenho ainda saúde e agora com o covid me ofereço para ser incenirado vivo.O sofrimento e a luta não pode durar uma vida.Já chega, por favor.
Há 1 semana
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!