Fotogalerias

Os alimentos afrodisíacos funcionam mesmo?

Por Máxima, 20.02.2018
Ostras | Há muito que as ostras são associadas ao sexo. Segundo os médicos Cristian Bosch e John A. Robinson, do site The Hormone Zone, as ostras são antropomórficas, pois visualmente relembram-nos de sexo, devido à sua forma. Além disso, os dois afirmam que as ostras contêm potássio, vitamina B12 e zinco, que é essencial para a produção de testosterona nos homens e nas mulheres. Segundo a especialista em relações e sexo holístico Kim Anami, o efeito não acontece logo depois da ingestão, mas a textura da própria ostra pode ajudar a aumentar o clima.
© DR
Chocolate | “O chocolate aumenta a hormona PEA (feniletilamina) que está diretamente associada a experiências de ecstasy, como sexo e orgasmo”, explicam Bosch e Robinson na mesma publicação. No entanto, o chocolate ideal é o preto, pois é mais baixo em açúcar (o açúcar é inimigo da performance sexual) e “aumenta a dopamina, outra hormona de bem-estar que nos mantém positivos e felizes, o que leva a maior libido e satisfação sexual”, acrescentam.
© DR
Pimenta chili | A pimenta tem um ingrediente chamado capsaicina, que causa a dilatação dos vasos sanguíneos e aumenta o fluxo do sangue. Segundo os dois médicos, a capsaicina também leva a que o cérebro liberte endorfinas, que proporcionam bem-estar.
© DR
Melancia | Kim Anami, especialista em relações e sexo holístico, afirma que a melancia é rica em citrulina de aminoácidas, o que expande os vasos sanguíneos, como o viagra, por exemplo. Não se sabe qual a quantidade que tem de ser ingerida para que se sintam os efeitos.
© DR
Café | Amy Reiley, autora do livro de receitas afrodisíacas Eat Cake Naked e diretora editorial do Eat Something Sexy, afirma que alguns alimentos afrodisíacos funcionam porque contêm estimulantes. Por esse motivo, o café é uma boa opção, pois funciona como intensificador de humor e estimulante.
© DR
Trufas | Neste caso, falamos do fungo, não do chocolate. As trufas funcionam nas mulheres, pois o seu sabor é parecido com a androstenona masculina.
Especiarias e ervas afrodisíacas | Anami afirma que as ervas afrodisíacas são uma boa aposta, pois têm o poder concentrado. Açafrão, yohimbe e ginseng aumentam a libido, a força da ereção, o potencial orgásmico e a produção hormonal.
Figos | Em entrevista à Cosmopolitan norte-americana, a escritora especialista em temas ligados ao sexo, Diana Hoppe, afirma que os figos são estimulantes sexuais, pois são ricos em aminoácidos, o que aumenta a libido e a resistência sexual.
Espargos | A grande quantidade de vitamina E presente nos espargos aumenta o fluxo de sangue e oxigénio nos genitais, explica Hoppe à mesma publicação.
Abacate | Segundo o médico, o abacate contém níveis altos de ácido fólico, vitamina B9, que dá energia ao corpo, e vitamina B6, que aumenta a produção de testosterona.
Mel | O mel contém boro, que ajuda a regular os níveis hormonais, e óxido nítrico, que por sua vez aumenta o fluxo sanguíneo durante os momentos de excitação. Além disso, o óxido nítrico abre os vasos sanguíneos envolvidos na criação da ereção e distensão do clítoris.
© DR
Ostras | Há muito que as ostras são associadas ao sexo. Segundo os médicos Cristian Bosch e John A. Robinson, do site The Hormone Zone, as ostras são antropomórficas, pois visualmente relembram-nos de sexo, devido à sua forma. Além disso, os dois afirmam que as ostras contêm potássio, vitamina B12 e zinco, que é essencial para a produção de testosterona nos homens e nas mulheres. Segundo a especialista em relações e sexo holístico Kim Anami, o efeito não acontece logo depois da ingestão, mas a textura da própria ostra pode ajudar a aumentar o clima.
Os alimentos afrodisíacos funcionam mesmo?
Ver comentários
Últimas Fotogalerias

Comentários

0 Comentários
As mais vistas

Notícias Máxima por Categorias