Fotogalerias

O estilo de Michelle Obama em 30 looks

Por Máxima, 07.11.2016
  • / 30
2008 | A sua alcunha na família é “Miche” e Barack Obama chama a Michelle “my rock” (“meu rochedo”).
2008 | “Sinto-me sortuda enquanto mulher por ter um marido que me ama e que o demonstra todos os dias.”
2008 | Cresceu com o irmão e os pais numa casa com apenas um quarto e uma casa de banho.
2008 | “Os jovens, em particular as raparigas, precisam de perceber que médicos e cientistas é algo em que qualquer pessoa se pode transformar, independentemente do dinheiro que a família tem, independentemente de se ser homem ou mulher. E esta mensagem é mais importante que nunca no mundo em que vivemos hoje.”
2009 | “Quando passamos por aquela porta de oportunidade, não a deixamos fechada. Seguramo-la e deixamo-la entreaberta, damos aos outros oportunidades iguais às que nos levaram ao sucesso.”
2010 | Sempre frequentou escolas públicas.
2010 | “O meu pai foi prova viva da promessa americana de que, independentemente de quem tu somos ou de como começamos, se trabalharmos arduamente conseguimos construir uma vida decente para nós e uma melhor ainda para os nossos filhos.”
2011 | É formada em Sociologia e Estudos Africanos, tendo tirado depois Direito (área em que escolheu trabalhar).
2011 | “Nunca faltei a aulas. Adorava ter a nota máxima, gostava de ser inteligente. Gostava de chegar a horas. Achava que ser inteligente era mais cool do que qualquer outra coisa no mundo.”
2011 | “Podemos nem sempre ter vidas confortáveis e nem sempre conseguir resolver todos os problemas do mundo, mas nunca devemos subestimar a importância que podemos ter porque a História mostra-nos que a coragem pode ser contagiante e a esperança pode ganhar vida própria.”
2012 | A sua tese na universidade era sobre a comunidade negra, chamava-se “Princeton-Educated Blacks and the Black Community”.
2013 | “É mais fácil agarrarmo-nos aos estereótipos e preconceitos, faz-nos sentir que a nossa ignorância tem justificação. A América é isso. Por isso é este o nosso desafio, estaremos nós prontos para a mudança?”
2013 | Enquanto estudou na Universidade (Harvard), participou em várias manifestações políticas que defendiam a contratação de professores membros de minorias sociais.
2013 | “Acordo todos os dias numa casa que foi construída por escravos. É essa a história deste país, a história que me trouxe até onde estou hoje.”
2013 | Conheceu Barack Obama numa firma de advogados em que trabalhava, era superior e foi sua mentora quando ele entrou no escritório.
2013 | “Eu e o Barack fomos criados em famílias que não tinham muito em termos de dinheiro ou de posses materiais mas que nos deram algo muito mais valioso – o seu amor incondicional, o seu sacrifício e a oportunidade de irmos até onde eles nunca sequer imaginaram ir.”
2014 | Conta que a primeira impressão de Obama não foi a melhor: viu-o numa fotografia antes de o conhecer e achou que tinha um nariz demasiado grande.
2014 | “Quando conheci o barack e começámos a namorar, ele tinha tudo a seu favor… Sim ele era giro. Ainda é, acho eu. Ele ela encantador, talentoso e inteligente. Mas não foi por isso que casei com ele. O que me fez verdadeiramente apaixonar foi o seu caracter… foi a sua decência, a sua honestidade, a sua compaixão e convicção.”
2014 | Recusou alguns convites de Obama por considerar desapropriado, uma vez que trabalhavam juntos.
2015 | “Uma das coisas que mais me atraiu no Barack foi a sua honestidade emocional. Logo à partida ele dizia o que sentia. Não há jogos com ele – ele é quem aparenta ser.”
2015 | Barack Obama pediu Michelle em casamento num restaurante e o anel vinha na bandeja com a sobremesa.
2015 | “A nossa relação começou por ser uma amizade. E cresceu daí.”
2016 | A primeira dança de Michelle e Barack Obama no copo de água foi ao som de “Unforgettable” de Nat King Cole.
2016 |  “Mantenham-se sempre fiéis a vocês mesmos e nunca deixem que ninguém vos distraia dos vossos objetivos.”
2016 | Fez uma promessa para que Barack Obama fosse eleito presidente: se acontecesse, deixava de fumar.
2016 | “Ele está sempre a perguntar: ‘Isso é novo? Nunca vi isso antes.’ É do género… Porque é que não vais tratar das tuas coisas? Vai resolver a fome no mundo. Fora do meu closet.”
2016 | Recusa-se a usar collants porque considera-os "demasiado dolorosos".
2016 | “Eu sou um exemplo do que é possível quando as mulheres são amadas e acarinhadas desde pequenas. Eu fui rodeada de mulheres extraordinárias que me ensinaram muito sobre a força silenciosa e a dignidade.”
2016 | Fez de alguns temas sociais as suas causas pessoas: a igualdade racial, a igualdade entre géneros e a alimentação (luta contra a obesidade e em particular a obesidade infantil).
2016 | “O sucesso só tem sentido e só dá gosto se sentirmos que de facto nos pertence.”
2008 | A sua alcunha na família é “Miche” e Barack Obama chama a Michelle “my rock” (“meu rochedo”).
O estilo de Michelle Obama em 30 looks
Ver comentários
Últimas Fotogalerias

Comentários

0 Comentários
As mais vistas

Notícias Máxima por Categorias