Mundo

Vaticano forma equipa de atletismo com sacerdotes, freiras e guardas

A estreia da equipa será já no dia 20 de janeiro numa corrida de rua em Roma. A associação desportiva poderá vir a participar nas competições europeias.
Por Ana Silva, 15.01.2019
Sacerdotes, freiras, guardas suiços e outros funcionários do Vaticano vão correr juntos para alcançar o céu. É este o lema da primeira associação desportiva da Congregação de Santa Sé, chamada Athletica Vaticano. Esta equipa de atletismo é formada por uma grande variedade de trabalhadores da entidade soberana e pretende mostrar que o desporto também pode ser um instrumento de solidariedade.

A associação nasceu em setembro de 2017 quando um conjunto de funcionários decidiu juntar-se espontaneamente. Atualmente, já tem filiação à Federação Italiana de Atletismo e é também o primeiro grupo estrangeiro a ser inscrito. O Vaticano já conta com uma equipa de futebol e outra de críquete, mas o Athletica Vaticano foi o primeiro a ter visibilidade e importância significante fora dos muros do Estado Pontifício.

A estreia da equipa será no dia 20 de janeiro, numa corrida pelas ruas de Roma. Esta prova tem um significado simbólico e é conhecida como ‘A Corrida do Miguel’, que acontece há quase 20 anos em homenagem a Miguel Benancio Sánchez, um dos 30 000 desaparecidos da ditadura militar argentina. Se a equipa for bem sucedida, o próximo passo será levar a bandeira branca e amarela do Vaticano aos Jogos Olímpicos.

No dia da apresentação da equipa, Gianfranco Ravasi, presidente do Conselho Pontifício para a Cultura, afirmou que a relação entre o desporto, a solidariedade e a são essenciais, já que é comum ouvir o Papa Francisco defender o desporto como antídoto para o individualismo e evidenciando-o como espírito de entreajuda para fortalecer relações.
Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
Vídeos recomendados
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!