Culturas

Primeiro passeio espacial só com mulheres

Christina Koch e Jessica Meir foram pioneiras ao terem sido as primeiras a realizar um passeio espacial só com mulheres astronautas fora da Estação Espacial Internacional.
Por Vitória Amaral, 22.10.2019

Na passada sexta-feira, dia 18 de outubro, fez-se história na área da espacial. Naquela que é a quarta viagem de Christina Koch e a primeira de Jessica Meir ao espaço, as astronautas realizaram um passeio espacial, no qual o objetivo seria substituir uma bateria avariada que se deveria ter activado no passado dia 11. O passeio estava inicialmente planeado para março deste ano, mas acabou por ser adiado por não haver fatos suficientes na estação que correspondessem ao tamanho das astronautas. Depois de este ponto ter levado a discussões nas redes sociais, com alegações de discriminação de género, a NASA acabou por enviar o fato que faltava.

A falha da bateria comprometia a alimentação energética da estação, que conta com painéis solares e quatro sistemas de baterias. Felizmente, não interferiu nos trabalhos nem com o bem-estar das pessoas dentro da estação. Apesar de andar no espaço parecer fácil, os astronautas consideram-no uma das atividades mais exigentes a nível físico. "Temos estado a treinar durante seis anos, portanto trata-se só de fazermos o nosso trabalho. Ao mesmo tempo, reconhecemos que seja um acontecimento histórico e queremos dar o mérito às mulheres que vieram antes de nós. Seguimos os passos delas para chegar onde estamos hoje" disse Jessica Meir, à CNN. Christina Koch acrescentou mais. "Há muitas pessoas cuja motivação se baseia nas histórias inspiradoras de com quem se identificam e acho que é um aspecto importante da história."

Entretanto, as astronautas receberam uma chamada da Casa Branca, mais precisamente do presidente Donald Trump, que não as saudou pela razão certa. Terá dito: "estou muito feliz por estar a falar com duas astronautas Americanas a fazer história. Esta é a primeira vez em que uma mulher está fora da estação espacial." Meir acabou por esclarecer o presidente ao dizer de que se tratava da primeira viagem exclusivamente feminina, dado que outras mulheres já o tinham feito antes, mas na companhia de um homem.

A primeira mulher a liderar uma viagem espacial foi a russa Svetlana Savitskaya em 1984, seguida pela norte-americana Kathy Sullivan. Desde então, 12 mulheres da NASA conduziram 40 viagens nos últimos 35 anos, fazendo de Koch e Meir a 13ª e 14ª, respectivamente. Este acontecimento é particularmente importante para as duas também a nível pessoal, já que treinaram na mesma turma de astronautas. Christina chegou à estação a 14 de março, com regresso marcado para Fevereiro de 2020, quebrando assim o recorde de Peggy Whitson de 288 dias consecutivos passados por uma mulher no espaço.

 

 

Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
Vídeos recomendados
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!