Viagens & Gourmet

Pode provar uma das maiores trufas brancas da década em Lisboa

A temporada da trufa branca decorre até esta quarta-feira, dia 12 de dezembro, no restaurante italiano Come Prima, onde o chefe mostra - orgulhoso - a sua última trufa arrebatada num leilão em Itália.
Por Aline Fernandez, 10.12.2018

O delicioso aroma invade todo o restaurante e sente-o assim que se põe os pés dentro do Come Prima, em Lisboa. É aqui que poderá provar até esta quarta-feira, dia 12 de dezembro, o menu especial que o chef Tanka Sapkota criou após arrebatar uma das maiores trufas brancas da década – e a maior alguma vez vista em Portugal – num leilão em Alba, na Itália, com 1,153 Kg.

"A trufa fica muito bem com as coisas mais simples. Ovo, massa fresca e carne", explica o chef. E é dessa maneira mesmo que a carta propõe degustá-la. Pode começar com a habitual bruschetta com o pão quentinho, feito todos os dias no forno à lenha do restaurante, com creme de Ricotta e, claro, lascas de trufa por cima. Siga para o ovo biológico cozido a baixa temperatura (64º) sob mais lascas de trufa branca (€34,90). O primeiro prato principal é a inexplicável massa fresca, feita na casa, com manteiga dos Açores e um pouco de queijo Parmegianno, para não sobrepor ao sabor das trufas que vêm sobre a massa (€41,50). Pouco previsível, mas igualmente deliciosa, é a super macia carne de vitela mirandesa com cenouras com generosas lascas de trufa (€49,90). E se ainda achar pouco, pode pedir trufa para a sobremesa. O chef preparou uma tarte de chocolate com creme de Zabaglione com Ricotta divinal. "No menu a trufa é italiana, mas todo o resto é produto nacional", pontua Tanka.

Antes dos 1,153 Kg de trufa acabarem, todo o seu esplendor ficou registado pelo realizador Tiago P. de Carvalho. Tiago e o produtor Duarte Neves acompanharam Tanka durante três semanas no norte da Itália para gravar o documentário Taste of Italy, que será exibido na televisão em 2019 (ainda sem data prevista de estreia). "Queríamos emergir num prisma não de ensinar como fazer a culinária italiana, mas ir além e aprofundar-se ao mostrar como é a cozinha italiana pura e dura", explicou-nos Duarte, que também nos adiantou que o episódio piloto será focado na região de Piemonte, que guarda delícias desde a Nutella à trufa de Alba. A proposta é seguir com as gravações por Nápoles, Apúlia e Veneza. "Nem os italianos, nem a escola [a prestigiada Gambero Rosso, em Roma] conseguiram ensinar-me tudo como eu pretendia. Estamos a ir fundo nas raízes da cozinha italiana. Encontrei-me com nonnas e cozinhei ao lado delas. Depois vi como um chef com estrela Michelin fazia a mesma receita", conta animado Tanka Sapkota.

A carregar o vídeo ...
Teaser documentário Taste of Italy

Além da trufa histórica e do novo documentário, no passado dia 10 de novembro, o nepalês de 44 anos que vive há 22 em Portugal foi condecorado com o título Cavaleiro das Trufas Brancas e dos Vinhos de Alba pela Ordem dos Cavaleiros do Tartufo de Alba, em Piemonte, sendo o único em Portugal com o título desta confraria criada em 1967. Parabéns, chef, e muito obrigada por dividi-la connosco. A clientela agradece.

O Come Prima fica na Rua do Olival 258 e funciona de segunda a sexta-feira das 12h às 15h e das 19h às 23h (sexta-feira e sábado até às 24h).

Tags: trufa trufa branca come prima lisboa restaurante gourmet gastronomia comida italiana chef tanka sapkota trufas alba itália 1.153 kg bruschetta ovo massa fresca vitela tarte de chocolate the taste of italy documentário tiago de carvalho duarte neves gambero rosso cavaleiro das trufas brancas e dos vinhos de alba ordem dos cavaleiros do tartufo de alba piemonte rua do olival
Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
Vídeos recomendados
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!