Culturas

Passadeiras em Campolide com as cores da bandeira LGBTI

A partir desta segunda-feira, a freguesia de Campolide, em Lisboa, conta com duas passadeiras pintadas com as cores da bandeira LGBTI.
Por Ana Rita Paiva, 13.05.2019

O presidente da Junta de Freguesia de Campolide, André Couto, afirmou ao jornal Público que a ação está relacionada com o projeto "Campolide é Igualdade", com o objetivo de desafiar o País inteiro a "refletir sobre estes temas e para que todos possam juntar-se a nós nesta causa."

"É uma medida definitiva, simbólica, na qual a junta de freguesia de Campolide se associa a todos os movimentos LGBT e a todos os movimentos com a mesma causa", clarificou ainda André Couto ao jornal Observador.

A ideia surgiu em Arroios, pela mão do CDS, mas acabou por cair porque a presidente da Junta de Freguesia, a socialista Margarida Martins, reconheceu que sem listas brancas, a passadeira não iriam respeitar a lei. André Couto explicou ao Público que "a solução em Campolide não é ilegal. A passadeira continua com faixas brancas. Pintámos as cores do arco-íris apenas no intervalo das faixas brancas. No nosso entendimento, os regulamentos municipais estão cumpridos", reforça.

No final desta semana Campolide terá cinco passadeiras pintadas.

Tags: igualdade andré couto campolide lgbt partidos e movimentos
Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
Vídeos recomendados
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!