Mundo

Os filmes mais sexy de todos os tempos

Porque poucas coisas são tão excitantes como uma história sedutora.
Por Aline Fernandez, 25.10.2018

O Amor É um Lugar Estranho (2003)

O ator de meia-idade Bob Harris (Bill Murray) e a jovem recém-casada Charlotte (Scarlett Johansson) são dois americanos em Tóquio à procura de si próprios. O segundo filme de Sofia Coppola, que também assina o argumento, acompanha a relação que se estabelece entre as personagens de Murray e Johansson, um encontro improvável e cheio de pequenos detalhes, capazes de se sobrepor às palavras. A banda sonora, como em todos os filmes de Coppola, é perfeita e o momento em que Murray sussurra ao ouvido de Johansson continua a ser um dos mais sexy (e românticos) do cinema.

Chama-me Pelo Teu Nome (2017)

O jovem Elio (Timothée Chalamet) passa todos os verões em Itália com a família, mas tudo muda com a chegada de Oliver (Armie Hammer), um estudante que vem ajudar o pai de Elio a fazer pesquisa. O que se segue é a autodescoberta de um primeiro amor, numa sucessão de cenas cruas que evidenciam a química de Chalamet e Hammer. Mal podemos esperar pela parte dois do filme, baseado no livro com o mesmo nome, que já foi confirmada pelo realizador, Luca Guadagnino.

Vicky Cristina Barcelona (2008)

É difícil não ter vontade de planear umas férias em Espanha depois de seguir a bem-humorada história de Vicky (Rebecca Hall) e Cristina (Scarlett Johansson – de novo!) pelo país vizinho. Entre as cenas mais emblemáticas do filme, está o momento em que a desequilibrada Maria Elena (Penélope Cruz) seduz Cristina, namorada do seu ex-marido Juan Antonio (Javier Bardem).  

Vergonha (2011)

Brandon (Michael Fassbender) é um homem bem-sucedido e solitário, que concentra boa parte da sua existência na busca pelo prazer sexual. A sua rotina muda com a chegada da irmã Sissy (Carey Mulligan). Este é um dos filmes que confirmou Fassbender como um dos novos sex symbols de Hollywood e são várias as cenas que o justificam.

De Olhos Bem Fechados (1999)

Nicole Kidman e Tom Cruise ainda estavam casados na vida real, o que só adiciona uma camada extra de sex appeal ao último filme completo de Stanley Kubrick. Contudo, não espere um enredo sobre sexo e cenas explícitas com o casal queridinho de Hollywood daquela época. Kubrick criou uma narrativa em volta dos sonhos não realizados, da frieza na cama e da interdição do prazer erótico. E sem esquecer as cenas das reuniões secretas que apimentariam qualquer filme.

Sexo, Mentiras e Vídeo (1989)

John Mullany (Peter Gallagher) mantém um caso com a cunhada, Cynthia (Laura San Giacomo), mas a chegada do seu amigo Graham Dalton (James Spader), que grava um vídeo com depoimentos de mulheres sobre as suas vidas sexuais, muda tudo. O filme está cheio de conversas francas sobre sexo, o que é fascinante e excitante de uma maneira muito própria.

Os Bons Amantes (1986)

O clássico de 1986 de Spike Lee mostra que não há nada mais sexy do que a autonomia feminina. O guião segue Nola Darling (Tracy Camilla Johns), uma jovem de Brooklyn que namora três homens: Jamie Overstreet (Tommy Redmond Hicks), protetor, educado e sempre bem-intencionado; Greer Childs (John Canada Terrell), vaidoso, rico e arrogante; e Mars Blackmon (o próprio Spike Lee), um cómico e imaturo estafeta de escritório. Nenhum é capaz de satisfazê-la inteiramente e ela não consegue decidir com qual ficar... O filme, que se tornou de culto, deu origem à série na Netflix com o mesmo nome.

A Vida de Adèle (2013)

Em 2013, o filme chamou a atenção do público e da crítica pela forma sincera como filmou as nuances da sexualidade feminina. Seguimos com intensidade a relação de uma adolescente francesa que enfrenta os desafios da chegada da maturidade. Adèle (Adèle Exarchopoulos) quer ser artista e quando se cruza com Emma (Léa Seydoux com o seu incrível cabelo azul) começa a ver o mundo de outra forma.

Perto Demais (2004)

Este filme é a adaptação da peça teatral homónima de Patrick Marber sobre os encontros e desencontros de dois casais em Londres. Dan Woolf (Jude Law), jornalista aspirante a escritor, apaixona-se por Alice Ayres (Natalie Portman), uma misteriosa stripper. Quando Dan conhece a fotógrafa Anna Cameron (Julia Roberts), que entretanto se casa com Larry Gray (Clive Owen), um dermatologista viciado em sexo, inicia-se uma poderosa reflexão sobre as complicações do amor e do sexo. Segue-se uma espiral de manipulação, reencontros e desenlaces entre as quatro personagens, sempre com Londres como cenário.

E a Tua Mãe Também (2001)

Esta é, sem dúvida, a road trip mais sexy do cinema. Julio Zapata (Gael García Bernal) e Tenoch Iturbide (Diego Luna) são dois adolescentes que se juntam a Luisa Cortés (Maribel Verdú), uma mulher mais velha, para embarcar numa jornada de crescimento e autodescoberta. Numa viagem de carro pelo México, a relação entre os três torna-se cada vez mais intensa – em todos os sentidos.

As Cinquenta Sombras de Grey e as suas sequelas (2015, 2017 e 2018)

A tímida estudante de literatura Anastasia Steele (Dakota Johnson) mergulha de cabeça na nova relação com o milionário Christian Grey (Jamie Dornan) e descobre os prazeres do sadomasoquismo. O beijo que Anastasia e Christian dão no elevador logo no primeiro filme, realizado por Sam Taylor-Wood, tornou-se uma das cenas mais emblemáticas da trilogia baseada nos livros de E.L. James.

A Secretária (2002)

Antes do lançamento de Cinquenta Sombras, já havia um Grey na história do sadomasoquismo. Lee Holloway (Maggie Gyllenhaal) é uma jovem com um histórico de problemas emocionais, que arranja emprego como secretária do exigente advogado Edward Grey (James Spader), acabando por iniciar uma relação com o mesmo. O filme oferece uma visão mais profunda das relações de dominação e submissão com todos os seus contornos emocionais e físicos. A Secretária é uma história de amor que foge às convenções e ainda bem.

Ligações Perigosas (1988)

Na corte real francesa do século XVIII, a marquesa de Merteuil (Glenn Close) e o visconde de Valmont (John Malkovich) usam as mais sofisticadas e cruéis artimanhas para conseguirem o que querem. Michelle Pfeiffer e Uma Thurman também fazem parte da história, baseada no clássico da literatura francesa Les liaisons dangereuses, de Pierre Choderlos de Laclos. E já se sabe que um clássico francês tem sempre uma boa dose de sedução.

Os Sonhadores (2003)

Em 1968, o estudante americano Matthew (Michael Pitt) entra no estranho mundo dos irmãos Theo (Louis Garrel) e Isabelle (Eva Green), em Paris. A relação rapidamente transforma-se num complicado triângulo amoroso onde não faltam cenas de sedução e a já icónica corrida a três pelo Louvre. Antes de ver o filme, saiba que existem duas versões do mesmo, uma delas três minutos mais curta.

Magic Mike (2012)

Homens sem camisola, corpos esculturais e Channing Tatum são uma receita que dificilmente poderia correr mal. Ainda assim, haveria o risco de tudo se tornar um pouco excessivo. Contudo, o filme, que se concentra na vida do experiente stripper masculino Mike (Tatum), olha para lá das evidências da profissão. Destaque ainda para as cenas de dança e para o guião que nos faz olhar além da objetificação das mulheres.

Mr. & Mrs. Smith (2005)

O filme que uniu Brad Pitt e Angelina Jolie é também aquele que capta a sua química antes de tudo acontecer oficialmente. Os dois são assassinos contratados por empresas rivais, que se enganam todos os dias para conseguir manter as suas identidades secretas. A verdade vem ao de cima quando John (Pitt) e Jane (Jolie) recebem a missão de eliminar o mesmo alvo. A cena de sexo que envolve literalmente a destruição da sua casa é uma das melhores do filme.

Tags: cinema filme sexy scarlett johansson sofia coppola timothée chalamet javier bardem penélope cruz michael fassbender nicole kidman tom cruise stanley kubrick laura san giacomo spike lee a vida de adèle léa seydoux jude law natalie portman julia roberts gael garcía bernal dakota johnson maggie gyllenhaal glenn close john malkovich eva green magic mike channing tatum brad pitt angelina jolie
Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
Vídeos recomendados
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!