Culturas

O que ver nos cinemas em março

Conheça os melhores filmes prestes a estrear ao longo do mês.
Por Rita Silva Avelar, 04.03.2019
(Re)viver o Amor
O realizador chileno Sebastián Lelio elegeu a atriz Julianne Moore para desempenhar o papel de Gloria, uma mulher divorciada na casa dos 50 que procura o amor e redescobre os prazeres de viver. Em Gloria Bell ? que é um estrondoso remake de Gloria (de 2013, com a atriz Paulina García), do mesmo realizador ? Gloria redescobre o amor ao conhecer Arnold (John Turturro) numa pista de dança de um bar, em Los Angeles, ao mesmo tempo que se debate com os dramas que acarreta um novo relacionamento. Livre como um pássaro, o humor nunca deixa de acompanhar Gloria. Estreia mundial a 8 de março.
 
Vidas cruzadas
Escrito e realizado por Joe Edgerton, o filme Boy Erased narra a história de Jared (Lucas Hedges), o filho de um pastor de uma igreja batista americana (Russell Crowe). À procura da sua orientação sexual e do sentido da vida, Jared é confrontado, aos 19 anos, com um ultimato feito pelos pais: ou aceita ser tratado num programa de conversão ou é para sempre rejeitado pela família e a fé é-lhe negada. Nicole Kidman surge no papel de Nancy, mãe de Jared. O argumento de Boy Erased é baseado no livro autobiográfico de Garrard Conley, escrito em 2016. Estreia a 28 de março.
 
Amantes proibidos
A partir do livro The Aftermath, de Rhidian Brook, o realizador James Kent deu vida à história de Rachael Morgan (Keira Knightley), que após se ter mudado para Hamburgo, num cenário pós-II Guerra Mundial, se apaixona por outro homem que não o marido, Lewis Morgan (Jason Clarke), um coronel britânico encarregado de reabilitar a cidade. Longe de encontrar um cenário idílico, Rachael depara-se com a necessidade de partilhar a casa com o alemão viúvo, Stefan Lubert (Alexander Skarsgårde), e a sua problemática filha. Os dois vivem um romance sórdido e proibido. Estreia mundial a 15 de março.
 
O pequeno grande elefante
Conhecido por criar cenários mágicos e misteriosos, Tim Burton aventurou-se no remake de Dumbo, um dos primeiros clássicos da Disney que em 1941 venceu o Óscar de melhor banda sonora original. No filme, Colin Farrell é o soldado Holt Farrier que é recrutado pelo proprietário de um circo, Max Medici (Danny DeVito), para tomar conta de um pequeno elefante com orelhas grandes. Ao descobrir que Dumbo voa, Medici encarrega a circense Colette Marchant (Eva Green) e o empresário V.A. Vandevere (Michael Keaton) de tornar o circo grandioso de novo, apesar de isso significar vender a mãe de Dumbo. A missão, agora, é voltar a juntá-los. Estreia a 28 de março.
A não perder
Março é uma lufada de ar fresco no Cinema, sendo um mês repleto de estreias imperdíveis. É o caso de Greta (que estreia a 7), um derradeiro thriller que gira à volta de uma misteriosa carteira, com Isabelle Huppert no papel de Greta, uma professora de piano, e Chloë Grace Moretz como a jovem Frances, acabada de chegar a Nova Iorque. Maika Monroe junta-se ao elenco, com realização de Neil Jordan. Em 3 Faces, escrito e realizado pelo iraniano Jafar Panahi, são retratadas as histórias de três atrizes em fases diferentes das suas carreiras: uma durante a Revolução Islâmica, em 1979; outra no estrelato da atualidade, conhecida em todo o Irão; e ainda a jovem que quer entrar na escola de teatro (estreia a 8). O filme A Pereira Brava, do realizador turco Nuri Bilge Ceylan, narra a história triste de Sinan (Dogu Demirkol), um escritor em ascensão que regressa a casa deparando-se com o vício do pai com o jogo, o desespero da mãe e da irmã e todas as consequências que isso acarreta. Em Les Filles du Soleil, realizado por Eva Husson, retrata-se a guerra travada por um batalhão de mulheres curdas para recuperar a sua cidade, tomada por extremistas (ambos estreiam a 21 de março).
Muita animação
De 20 a 31 de março, a 18.ª edição do Festival de Animação de Lisboa, o Monstra, vai exibir os filmes eleitos na competição nacional que todos os anos antecede o certame cinematográfico. Dentro da iniciativa destaca-se a Monstrinha que proporciona aos mais novos o programa para as escolas (que decorre também em cinemas e auditórios), composto por três programas (dos 3 aos 6 anos, dos 7 aos 12 anos e mais de 13 anos), num total de 28 curtas-metragens, de 14 países europeus. Cartaz completo em monstrafestival.com.

Clássicos imperdíveis
No dia 17 de março, o Centro Cultural de Belém proporciona uma exibição única da trilogia épica de Francis Ford Coppola: O Padrinho (1972), O Padrinho: Parte II (1974) e O Padrinho: Parte III (1990). Uma das mais aclamadas no cinema, esta trilogia acompanha a história da ascensão e queda da família siciliana Corleone que, ligada a negócios criminosos, anda sempre envolta em questões de poder, sucessão e ganância. A prestação de Marlon Brando como chefe original do clã, no primeiro filme, é de retirar o fôlego. As exibições são às 10h30, 15h e 20h (o bilhete para as três sessões custa €16 e para uma sessão custa €6,50).
Tags: cinema roteiro cultura los angeles sebastián lelio gloria bell jafar panahi dumbo danny devito amor realizador chileno stefan lubert pastor julianne moore julianne moore hamburgo michael keaton greta tim burton the aftermath
Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
Vídeos recomendados
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!