Mundo

Músico Ryan Adams acusado de assediar sexualmente várias mulheres

Em troca de ajuda com as carreiras, pedia favores sexuais. Músico nega alegações - até as de uma menor a quem pediu que lhe mostrasse o peito.
Por Leonor Riso, 14.02.2019
O músico Ryan Adams foi acusado por pelo menos sete mulheres de exigir sexo em troca de ajuda com a carreira. Uma investigação do jornal The New York Times recolheu testemunhos de sete mulheres e de mais de doze colaboradores, que revelam abusos feitos pelo músico nomeado para sete Grammys. É o mais recente caso de abusos denunciados na senda do movimento #metoo. 

De acordo com os testemunhos, Adams convencia jovens mulheres de que impulsionaria as suas carreiras, prometendo até cantar com elas em palco. Porém, Adams pedia favores sexuais.

Uma das mulheres que o acusa é Mandy Moore, que em 2016 se divorciou do músico. "A música era um ponto de controlo para ele", relatou a atriz protagonista de This Is Us ao NY Times. Casou com Adams em 2009.

Outro caso é o de Ava. Quando tinha 14 anos, conheceu Ryan Adams. Era 2013 e ela estava a começar uma carreira na música. Travou conhecimento com Adams e começaram a trocar mensagens. Em determinado ponto, começaram a tornar-se sexualmente explícitas.

Adams chegou a despir-se em videochamadas. O músico e Ava nunca se conheceram, mas enquanto ela tinha 15 e 16 anos mantiveram a relação online através de mensagens escritas.

 "Diz-me que a tua mãe não nos vai matar se descobrir que nós trocamos mensagens", escreveu o músico. Noutra mensagem, vista pelo NY Times, Adams pede a Ava que toque "no mamilo".

No Twitter, Ryan Adams considerou que o artigo era "impreciso de forma perturbadora" mas afirmou que não era "um homem perfeito". "Não sou um homem perfeito e cometi muitos erros. A qualquer pessoa que tenha magoado, apesar de sem intenção, peço desculpas profundas e sem reservas."

"O quadro que o artigo pinta é impreciso de forma perturbadora. Alguns detalhes estão mal representados; alguns são exagerados; outros são só falsos. Eu nunca teria interações pouco apropriadas com alguém que soubesse ser menor de idade. Ponto final", acrescentou.

Adams já trabalhou com John Mayer, Willie Nelson e Norah Jones.
Tags: grammys ryan adams atriz the new york times músico this is us mandy moore ny times
Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
Vídeos recomendados
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!