Mundo

Há 25 protestos dos coletes amarelos autorizados em Portugal

A PSP regista protestos autorizados em 17 distritos nacionais. A polícia deixa ainda conselhos aos cidadãos e manifestantes para que seja mantida a ordem.
Por Sábado, 20.12.2018
A Polícia de Segurança Pública (PSP) emitiu um comunicado onde faz alguns avisos para as manifestações dos "coletes amarelos" desta sexta-feira, 21. São deixados "conselhos" aos manifestantes e aos restantes cidadãos e identificados 25 protestos em 17 pontos do país.

Há quatro manifestações marcadas para Lisboa (na Ponte 25 de Abril, no Marquês de Pombal, no Palácio de Belém e na A8) e duas no Porto (VCI/Nó de Francos e Avenida da Associação Empresarial de Portugal). Há ainda protestos marcados para Aveiro, Braga, Castelo Branco, Coimbra, Faro, Guarda, Leiria, Santarém, Viana do Castelo, Setúbal, Bragança, Évora e Viseu.


As autoridades pediram aos "coletes amarelos" que respeitem "os princípios previstos na legislação em vigor que enquadra o direito de reunião e manifestação", tal como as instruções das forças das autoridades.

Instam ainda os manifestantes a "terem em consideração os normativos em vigor que proíbem bloqueios de vias rodoviárias, perturbando o direito de circulação de todos os cidadãos".

Relativamente aos restantes cidadãos, a PSP aconselha os cidadãos a privilegiarem a utilização de transportes público para se movimentarem, em vez de recorrerem ao automóvel. Àqueles que decidirem mesmo utilizarem carro, as autoridades avisam que é aconselhável "verificarem se o seu itinerário não se encontra com a circulação condicionada". Pode ver as zonas condicionadas neste artigo da SÁBADO:

Onde se vão concentrar os coletes amarelos de Portugal esta sexta-feira

Os protestos dos "coletes amarelos" em Portugal está marcado para esta sexta-feira, dia 21 de Dezembro, em Portugal. O Movimento Coletes Amarelos Portugal (MCAP) indicou vários pontos de concentração por todo o país, que pode ver neste mapa: A porta-voz do Movimento Coletes Amarelos Portugal (MCAP), Ana Vieira, disse esperar o máximo de pessoas possível no protesto de sexta-feira, de modo a "amplificar o descontentamento" que considera existir entre a população.




A PSP informa ainda que, caso considere necessário a intervenção das Autoridades Policiais, os cidadãos não devem hesitar em pedir a colaboração de qualquer polícia ou ligar o 112.
Tags: polícia de segurança pública psp ponte 25 de abril leiria lisboa marquês de pombal palácio de belém coimbra
Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
Vídeos recomendados
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!