Mundo

Gonçalo M. Tavares recebe o Prémio Literário Vergílio Ferreira 2018

O autor de A Mulher-sem-cabeça e o Homem-do-mau-olhado é o vencedor deste ano.
Por Marta Carvalho, 21.12.2017

Gonçalo M. Tavares, professor de filosofia na Universidade de Lisboa e autor de vários romances, contos e poemas, acaba de vencer o Prémio Literário Vergílio Ferreira 2018. O autor, nascido em Luanda e vencedor de prémios como o Prémio Telecom de Literatura em Língua Portuguesa, o Prix du meilleur livre étranger e o Prix Littéraire Européen, foi eleito pelo júri graças à "originalidade da sua obra ficcional e ensaística, marcada pela construção de mundos que entrecruzam diferentes linguagens e imaginários".

A cerimónia de entrega do prémio vai realizar-se a 1 de março do próximo ano, data que assinala a morte de Vergílio Ferreira. Do grupo de jurados que decidiram a quem seria atribuído este prémio fazem parte Antonio Sáez Delgado, professor da Universidade de Évora, o escritor João de Melo, a crítica literária Maria da Conceição Caleiro e as professoras Ângela Fernandes e Cláudia Afonso Teixeira. O galardão, instituído desde 1996, distingue todos os anos a obra literária de um autor de língua portuguesa.

O prémio foi atribuído pela primeira vez a Maria Velho da Costa e desde então premiou escritores como Mia Couto, Almeida Faria, Vasco Graça Moura, Mário Cláudio, José Gil, Hélia Correia e Teolinda Gersão.

Tags: gonçalo m. tavares prémio literário vergílio ferreira universidade de lisboa joão de melo josé gil prix littéraire européen prémio telecom de literatura língua portuguesa mário cláudio prix du meilleur vergílio ferreira
Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
Vídeos recomendados
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!