Mundo

Estudante egípcia foi expulsa da universidade por abraçar o namorado

A jovem foi expulsa da Universidade Al-Azhar, no Cairo, Egito, depois de mostrar um ato de afeto para com o noivo, que a tinha acabado de pedir em casamento fora do campus universitário.
Por Ana Silva, 15.01.2019

Um simples abraço foi suficiente para que uma estudante da Universidade Al-Azhar, no Cairo, Egito, fosse expulsa daquela instituição de ensino. Foi publicado no Twitter um vídeo em que a jovem se mostra surpreendida com o pedido de casamento do namorado e o abraça quando diz o "sim".

Apesar do pedido ter acontecido fora das instalações da Universidade, o ato de afeto gerou uma enorme polémica e levou o comité disciplicar da mesma a expulsar a aluna. A faculdade egípcia afirmou que, mesmo fora do campus, os jovens estavam a contrariar os "valores e princípios da sociedade".

O noivo da aluna é estudante na Universidade de Direito em Mansoura e também foi considerado culpado. "O conselho disciplinar da universidade irá analisar a sanção apropriada" disse o porta-voz da instituição, Hani Hilal, citado pela Madame Figaro.

No Twitter, o conhecido jornalista egípcio Amr Magdi expressou sua indignação e afirmou que "esta aluna foi expulsa por abraçar o namorado depois de ele a pedir em casamento. Estamos a falar do mesmo país que tem um dos piores registos em termos de agressão sexual. Hipocrisia profunda e políticas governamentais patéticas", escreveu nas suas redes sociais.

A aluna pode, contudo, recorrer perante o Comité de Disciplina Supremo, que posteriormente irá decidir se elimina ou reduz o castigo.

Tags: estudante egíto expulsa igualdade de género universidade islamismo
Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
Vídeos recomendados
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!