Culturas

16 homens conhecidos colocam-se 'Na Pele Delas'

Da depilação à maquilhagem, homens de várias áreas como Albano Jerónimo, Carlão ou Julião Sarmento colocaram-se em situações femininas para uma nova exposição de fotografia. ‘Na Pele Dela’ une 16 figuras públicas pela igualdade de género.
Por Marta Vieira, 11.09.2019

São homens e são bem conhecidos do público e agora associam-se a um projeto fotográfico que apela à igualdade de género. O momento não podia ser mais oportuno. O conceito não é novo e refere-se à procura da tão falada (mas pouco vista) igualdade entre os dois géneros. Quer-se uma mudança de mentalidade, claro está, e nada melhor do que uma imagem para tentar ir além das palavras.

E é exatamente a contestar o papel tradicional da mulher, numa ironia simbólica, que surge o projeto fotográfico Na Pele Dela. Os convidados eleitos são nomes de várias áreas, como Albano Jerónimo, Carlão, Hélio Morais (Linda Martini), Igor Ribeiro (Ghetthoven), Jhon Douglas, Julião Sarmento, Leonaldo de Almeida, Paulo Furtado (The Legendary Tigerman) e Tomás Wallenstein (Capitão Fausto), entre outros. Eles disseram que sim e agora vão entrar no cenário que é delas por excelência. Em lingerie, na azáfama das lides domésticas, a fazer a depilação num banho de imersão, a tricotar, na arte da manicure ou mesmo a aplicar maquilhagem – sem preconceitos e entrando da pele de muitas delas.

A carregar o vídeo ...
16 homens conhecidos colocam-se 'Na Pele Delas'

Maria Lopes e Mário César são o casal por detrás deste projeto arrojado e independente que tomou forma há cerca de cinco meses atrás. Ela, produtora, programadora e Dj e ele, vindo da publicidade e do marketing, uniram-se no amor maior pela fotografia e o propósito não podia ser mais pertinente. "Acreditamos que não há comportamentos exclusivamente femininos e queremos desconstruir a dicotomia redutora e simplificada que continua a ser perpetuada na nossa sociedade em pleno século XXI", sublinham em comunicado, acrescentando:"Na Pele Dela pretende ser uma ode à igualdade na individualidade".

Este não é um projeto especial apenas para Maria e César. Os protagonistas das fotografias exaltaram, igualmente, o impacto que o protejo teve neles. O ator Albano Jerónimo revelou ser a filha a sua principal motivação "Tenho uma filha e lutarei sempre por um amanhã mais justo com direitos e liberdades comuns". Já o músico Hélio Morais defende a perspetiva de que "quase todos fomos educados de acordo com um guião com papéis muito bem definidos (…). A divisão de tarefas ainda não é justa, é um desafio diário". Também o músico Carlão se manifestou. Em comunicado ao Público referiu que se deu conta da desigualdade entre homens e mulheres na época da escola do secundária, admitindo que esta luta "vale a pena", apesar de "estar longe de terminar".

A exposição está patente no Todos Playground, em Marvila esta quinta, 12, a partir das 18h, e 13 de setembro, e depois de 19 a 22 do mesmo mês. A exibição integral estará "à venda" pelo que o valor de cada obra fotográfica vendida será angariado a favor da associação ILGA Portugal (Intervenção Lésbica, Gay, Bissexual e Transgénero). O objetivo é lutar pela igualdade e, simultaneamente, contra a discriminação em função da identidade de género, da orientação sexual ou de outras características sexuais.

 

Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
Vídeos recomendados
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!