Culturas

Concertos & discos para junho

Concertos de verão, discos com novas sonoridades, certames dedicados à música. Conheça o roteiro musical deste mês.
Por Rita Silva Avelar, 01.06.2019

Ícones eternos

A rainha da pop está de volta à ribalta. Madonna, que nas últimas décadas se cruzou com estrelas de várias gerações e esferas artísticas, como Jean Michel Basquiat, Cher ou Donatella Versace, atravessou importantes eras da Música, consolidando o seu estatuto de ícone. O seu mais recente single, Medellín, antecipou a chegada do 14.º álbum de estúdio, Madame X, a 14 de junho. Em Medellín, há alusões a locais bem portugueses como o Palácio Nacional de Sintra ou o Tejo Bar, em Alfama, e referências a artistas como Dino D’Santiago ou a banda cabo-verdiana Batukadeiras.

Encontros marcados

Junho promete bons momentos musicais, logo a começar por Eddie Vedder, que sobe ao palco da Altice Arena com as canções intimistas que lançou nos seus discos a solo: a banda sonora do filme Into The Wild (2007) e Ukulele Songs (2012). A 20 de junho. Depois, entre 3 e 10 de junho, é a vez de Benjamin Clementine percorrer alguns palcos improváveis, como o Convento de São Francisco em Coimbra (onde atua no dia 3). Dono de uma voz doce e melancólica, o brasileiro Cícero também contribui para a descentralização das melhores sonoridades: depois de um primeiro concerto a 15 de junho no Texas bar em Leiria, segue para palcos em Lisboa, São João da Madeira ou Bragança. Seu Jorge atua no Coliseu do Porto Ageas a 19 de junho e no dia seguinte é Jacob Banks, cantor e compositor nigeriano britânico vindo de Birmingham, que se estreia no Cineteatro Capitólio.

Melodias veranis

Se há muito suspirávamos por um novo disco de Chet Faker, o artista renasce agora como Nick Murphy, seu verdadeiro nome, para apresentar Run Fast Sleep Naked, álbum onde a voz melancólica do artista surge com uma sonoridade renovada. Também Julia Shapiro, a artista de Seattle, lança o seu primeiro disco a solo, Perfect Version, que nasceu de uma crise existencial, depois de um desgosto de amor – sai a 14. No mesmo dia, e conhecidos pela sua infungível energia em palco, os Two Door Cinema Club apresentam o álbum False Alarm. Antes, a 7 de junho é a vez da banda de Neil Hannon, The Divine Comedy, revelar Office Politics. Atenção fãs da banda; já foram anunciados concertos nacionais em novembro e os bilhetes prometem esgotar depressa!

Palco principal

É o festival onde os encontros com os amigos e as boas energias se alinham tornando qualquer concerto memorável! O NOS Primavera Sound está de volta ao Parque da Cidade do Porto entre 6 e 8 de junho. Este ano, nomes tão diferentes como Rosalía, Aldous Harding, Interpol, J. Balvin, Nina Kraviz, Jorge Ben Jor ou Solange prometem tornar esta edição uma banda sonora eclética e cheia de momentos únicos (o passe geral custa €117). 

Festivais a não perder

Está oficialmente aberta a temporada dos festivaleiros! Ainda em maio, nos dias 24 e 25, o North Music Festival chega à Alfândega do Porto para receber artistas como Franz Ferdinand, Bastille, Bush ou Emir Kusturica & The No Smoking Orchestra, mas também bandas portuguesas como os Capitão Fausto, Expensive Soul ou Moullinex. A entrada diária custa €35 (para todos os dias €59). Na sua terceira edição, o festival O Basqueiral regressa a Santa Maria de Lamas nos dias 14 e 15 de junho e recebe bandas como Surma, Cave Story ou Glockenwise (passe geral a €15), mas não só: há toda uma programação artística (de espetáculos cénicos a instalações) alinhada com a música sob o tema BasqueirArt. Descubra em basqueiral.pt.

Um dia em família

Avesso à ideia de que um festival infantil se dedica a entreter apenas as crianças, o Wildy Fest é um momento para desfrutar em família. No Dia da Criança, que se assinala a 1 de junho, todos os caminhos vão dar ao espaço Hello Park, no Parque da Serafina, em Monsanto. O festival promete atividades na natureza para toda a família, com o intuito de despertar nos mais pequenos a importância da preservação do meio ambiente. Entre as 10 e as 19 horas haverá workshops de alimentação saudável, ateliês de olaria, sessões de arborismo, aulas de música com instrumentos africanos, brasileiros e portugueses, atuações musicais e ainda street food. A magia da floresta, o espírito de aventura e o estilo de vida green são o mote do festival (cuja entrada custa €20 por pessoa e €60 pelo pack família, que inclui quatro entradas).

Edição de colecionador

A sonoridade inconfundível de Stuart A. Staples (o conhecido vocalista da banda indie Tindersticks) esteve por detrás da banda sonora do último filme de Claire Denis, High Life (2018), cujo elenco principal é formado pelo duo Robert Pattinson e Juliette Binoche. Agora disponível em vinil, a banda sonora marca a oitava colaboração entre a realizadora francesa e o artista inglês e conta com o single Willow – a que o ator Robert Pattinson dá a sua própria voz. O vinil Music For Claire Denis’ High Life Ost (o PVP ronda os €20). 

Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
Vídeos recomendados
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!