Mundo

Cinema: quem são estas poderosas protagonistas?

A sétima arte entregou, nas últimas temporadas, os papéis fortes às mulheres que interpretam personagens igualmente poderosas. Quem são elas?
Por Rita Silva Avelar, 17.07.2017
O que têm em comum Florence Pugh, Cynthia Nixon e Nicole Kidman? Além das provas dadas enquanto atrizes de referência na sétima arte, são as protagonistas dos filmes do momento.

Em Lady MacBeth, o realizador William Oldroyd entrega o papel de Katherine, uma jovem inglesa, a Florence Pugh. Num retrato trágico da Inglaterra rural de 1865, Pugh interpreta a personagem de uma jovem que quer conquistar a sua independência num mundo dominado por homens. Protagonista de uma história de amor baseada no conto do século XIX Lady Macbeth of Mtsensk District, de Nikolai Leskov, Pugh interpreta (diríamos que na perfeição) uma personalidade forte e silenciosa, num ambiente estridentemente tenso, à medida que se envolve num romance secreto com Sebastian (Cosmo Jarvis), à revelia do seu poderoso marido Alexander (Paul Hilton).

Já em The Beguiled (O Estranho que Nós Amávamos), o novo thriller de Sofia Coppola, é Nicole Kidman quem rouba todas as atenções num papel fortíssimo, tão ou mais intenso que o da coprotagonista, Kirsten Dunst. À semelhança dos seus outros filmes, The Virgin Suicides, Lost in Translation, Marie Antoinette, Somewhere ou The Bling Ring, Coppola volta a construir personagens, neste caso todas mulheres à beira de pequenas revoluções interiores. Em The Beguiled, a diretora Martha Farnsworth (Nicole Kidman) e a professora Edwina Morrow (Kirsten Dunst) lideram um colégio feminino em Virgínia com cinco alunas (entre elas Alicia e Jane, interpretadas por Elle Fanning e Angourie Rice, respetivamente) em plena II Guerra Mundial. A princípio de forma inóspita, depois de forma curiosa, este grupo de mulheres recebe a visita inesperada de um soldado inimigo (Colin Farrel) que, de forma dramática e misteriosa, vai instalar a desordem no quotidiano e nos corações destas mulheres. O filme baseia-se no original de 1971, dirigido por Don Siegel e protagonizado por Clint Eastwood, adaptado ao romance de Thomas Cullinan. A diferença, no filme de Coppola, é a influência do olhar feminino no argumento.
Numa das mais aguardadas biografias do ano, é de evidenciar o papel da atriz Cynthia Nixon em A Quiet Passion (Além das Palavras) que dá voz à história (pouco conhecida) da poetisa americana Emily Dickinson, desde os seus primeiros tempos enquanto jovem estudante até seus últimos anos de existência como escritora não reconhecida no mundo literário. Realizado por Terence Davies, o filme recupera a história de uma das maiores escritoras e poetisas do século XIX, numa narrativa que recupera a biografia de Dickinson pela prestação avassaladora de Nixon.

A carregar o vídeo ...
Lady MacBeth, de William Oldroyd

A carregar o vídeo ...
The Beguiled, o novo drama-thriller de Sofia Coppola

A carregar o vídeo ...
A Quiet Passion (Além das Palavras) dá voz à história de Emily Dickinson
Tags: cinema filmes protagonistas mulheres feminismo the beguiled lady macbeth a quiet passion florence pugh nicole kidman cynthia nixon kirsten dunst nikolai leskov sofia coppola terence davis martha farnsworth
Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
Vídeos recomendados
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!