Notícias

Melania Trump fala sobre o movimento #MeToo e pede apoio para os homens

A primeira-dama dos Estados Unidos diz apoiar as vítimas de abusos sexuais, mas defende que são necessárias “provas evidentes” para acusar alguém.
Por Carolina Veiga, 11.10.2018

Durante a sua primeira visita sozinha a África, não foram só os looks escolhas controversos que deram que falar. Numa entrevista exclusiva à ABC, Melania Trump falou sobre o movimento #MeToo contra o assédio e a agressão sexual.

"Eu apoio as mulheres e elas precisam ser ouvidas. Precisamos de apoiá-las, mas também [apoiar] os homens, não apenas as mulheres", foram as primeiras palavras de Trump. Quando lhe perguntaram se os homens recentemente acusados ??de agressão sexual foram tratados injustamente, Melania acrescentou: "Eu estou com as mulheres, mas precisamos de provas evidentes. Você não pode simplesmente dizer a alguém: ‘Eu fui agredida sexualmente ou você fez isso comigo’, porque às vezes os media vão longe demais e a forma como retratam algumas histórias, não está correta. Não está certo".

As palavras da primeira-dama chegam numa altura de agitação nos EUA, uma vez que Brett Kavanaugh, acusado de agressão sexual, foi nomeado juiz do Supremo Tribunal do país.

Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
Vídeos recomendados
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!