Celebridades

Charlize Theron confirma que o filho se identifica como menina

A atriz de 43 anos contou que Jackson, de sete anos, se identifica como menina desde os três.
Por Inês Fernandes, 22.04.2019

Depois de alguns meios de comunicação publicarem fotografias de Charlize Theron enquanto levava Jackson a uma aula de música vestido com saia e leggings, a atriz confirmou que o filho se identifica como rapariga.

Charlize adotou Jackson, de sete anos, em 2012 e apresentou-o ao mundo como menino. No entanto, e como explicou ao jornal britânico The Daily Mail, Jakson veste-se de menina porque é assim que se identifica. "Sim, eu também achava que ela era um rapaz. Até que ela olhou para mim com três anos e disse: ‘Eu não sou um rapaz’", contou.

A partir de então, a atriz vestiu a filha com roupas de rapariga. "Tenho duas filhas lindas e como qualquer mãe, quero proteger e vê-las prosperar. Elas devem ser quem acharem que são quando crescerem, não me cabe a mim decidir."

Para além de Jackson, Theron adotou também August em 2015. A atriz já tinha falado abertamente sobre a importância da adoção na sua vida, depois de ver os orfanatos na África do Sul, o seu País de origem. "Mesmo enquanto estava em relações, sempre fui honesta com os meus parceiros sobre o facto da adoção sempre ter feito parte da minha ideia de família", comentou com a revista People. "Não é uma segunda opção para mim. Sempre foi a primeira."

Theron já tinha subtilmente anunciado a transição da filha numa entrevista à revista Variety, durante uma conversa com o ator Michael B. Jordan, na qual falou sobre como foi crescer durante o regime do Apartheid, e afirmando que estava agora a criar "duas meninas jovens bonitas, negras e afro-americanas." A atriz sublinhou também a influência da sua mãe forte e livre, na forma como está a educar as filhas. "Cresci na África do Sul, onde as pessoas viviam com meias verdades, sussurros e mentiras, e ninguém se atrevia a dizer nada cara-a-cara. E fui criada especificamente para não ser assim. A minha mãe ensinou-me a ter uma a voz."

Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
Vídeos recomendados
2 Comentários
Ptogy Med Que sorte vai poder conviver de perto e alegrar se com as "disfunçoes" da natureza.
23.04.2019
Anónimo Mas desde quando uma criança se intressa pela ideologia de gênero? isto deveria ser considerado negligência parental, daqui a uns anos o miudo cresce e muda de opinião e afinal é um rapaz e depois já meio mundo sabe que ele se vestia de menina em criança.. as crianças são terriveis e ele vai passar um mau bocado na escola graças ao egoismo da mãe que usa o seu filho só para mostrar que é mente aberta. enfim o mundo ocidental está perdido.
23.04.2019
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!