Mulheres viajantes

A viagem que Rita Lello sonha em fazer

A atriz partilhou com a ‘Máxima’ as suas memórias, a primeira coisa que põe na mala e até o que gosta de encontrar no minibar.
Por Aline Fernandez, 16.08.2019

Onde nasceu?

Em Lisboa, cresci em São João do Estoril e hoje vivo na Ericeira, devo ser do mar....

Em que lugar do mundo se sentiu mais feliz?

Difícil responder a essa pergunta. No meu jardim da casa de S. João... Há-de ter sido o sítio onde mais vezes me senti mais feliz.

Nomeie um lugar que correspondeu à sua expectativa de viagem.

Londres. Na melhor companhia, o meu querido Mário Viegas.

Qual a cidade que adora e por quê?

Lisboa, porque lhe conheço todos os cantinhos.

Uma viagem que sonha fazer…

Transiberiano. Do Kremlin à Muralha da China.

Descreva a sua vista de quarto preferida.

Serra. Verde, verde, verde. As árvores dão-me uma grande tranquilidade. Dormir a sesta à sombra de uma árvore é um pequeno/enorme prazer. Ou a vista do quarto de brincar no sótão da casa de S. João... Via-se até à Baia de Cascais.

O que põe primeiro na mala?

Escova de dentes, pasta e creme hidratante.

Conte-nos sobre uma pequena cidade que tenha conhecido e adorado.

Ourense, no noroeste de Espanha, uma surpresa. Bonita, com imensa água, gente simpática e boa comida e, sobretudo, com uma catedral do século XII que tem o chamado Pórtico do Paraíso... Lindo.

Nunca voltaria a...

Ahahahahah... não digo.

Qual foi o hotel mais luxuoso onde já dormiu?

Andei sempre muito por casas de amigos... Talvez o sítio mais giro tenha sido um glamping... oooops... não é um hotel.

O que gosta de encontrar no minibar?

Água...

Qual é o seu guilty pleasure enquanto viaja?

Não posso confessar...

Visitar os pontos turísticos ou ficar na espreguiçadeira?

Visitar, conhecer, explorar... sempre.

Qual a sua viagem de infância mais memorável?

Não consigo dizer qual foi o sítio. Uma ilha algures, com o meu pai... Uns dias maravilhosos e felizes à beira da piscina.

Quais foram as suas primeiras férias sem os seus pais?

Não me lembro... Andamos sempre em cima uns dos outros nas férias, temos pouco tempo juntos durante o resto do ano... A minha primeira viagem sem tutela de familiares foi à Grenoble, França, ao Festival de Teatro... Uma excitação.

Quem é a pessoa mais interessante que conheceu nas suas viagens?

Não me lembro do nome dele... Um senhor, amigo do pai do meu irmão, na adolescência, pai de meia dúzia de filhos e filhas divertidíssimos, que me tirou a vergonha de falar um espanhol macarrónico com um jarro de sangria inesquecível e que contava histórias maravilhosas enfiadas umas nas outras à mesa do seu "méson" em Madrid.

Qual a frase ou palavra estrangeira que mais utiliza?

Não sei responder a isso, mesmo.

Para si, qual é a oitava maravilha do mundo?

A vista da Serra do Marão (dizem as minhas raízes transmontanas).

Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
Vídeos recomendados
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!