Nutrição

O que aprendemos com as mulheres que não fazem dieta

É suposto que a comida nos faça sentir bem – e estas mulheres, que não cedem ao rigor das dietas, sabem disso.
Por Andreia Rodrigues, 20.08.2018

Há pessoas que nunca fazem dieta e conseguem manter-se em forma. Mas para isso também há regras. Um dos truques é, por exemplo, em vez de fazer dieta, adotar um novo estilo de vida. "As dietas não funcionam – elas falham sempre", diz Carla Heiser, dietista registada e especialista certificada em medicina nutricional e metabólica. Saiba quais são as regras das mulheres que escolheram não fazer dieta:
Todos os dias não é uma ocasião especial | Segundo Carla Heiser, pode cometer um excesso de vez em quando, mas a sua alimentação diária é o que vai manter o seu peso estável. Por isso, se tiver muitos aniversários ou eventos, escolha aqueles em que vai comer doces e não os coma depois em casa ou no trabalho.
Não coma comida "de dieta" | Os rótulos da comida com baixo teor de gordura e baixas calorias são bons em teoria. No entanto, e não sendo regra geral, a maioria são produtos altamente processados e cheios de carboidratos. "Estes [alimentos] convertem-se em açúcar no corpo e contribuem para o aumento de peso", diz Heiser. Além disso, muitas marcas realçam depois o sabor do produto com açúcar, sal e outros aditivos.
Nenhuma comida pode considerada "má" | Os especialistas recomendam que a palavra "má" seja retirada do vocabulário, para que tenha uma relação feliz com a comida. Com isto, não pode dizer que gelado é "mau" e brócolos é "bom". Segundo um estudo de 2010, se disser a si própria que não pode comer chocolate e tentar não pensar em chocolate, vai ficar ainda mais obcecada com ele e mais propensa a consumi-lo.
Descanse, é essencial | Segundo especialistas, se quer manter um índice de massa corporal saudável, dormir deve ser uma das suas prioridades. Segundo a Dr.ª Shemek, "a falta de dormir tem efeitos hormonais que criam aumento de peso e alteram o apetite para que prefira comida com calorias altas. Além disso, não terá energia para fazer exercício".
Não se massacre | Se acabou de comer um hambúrguer com batatas fritas, não fique com peso na consciência e siga em frente. Segundo um estudo levado a cabo pela Universidade de Waterloo, no Canadá, a autocompaixão leva a uma melhor relação com a comida e a um índice de massa corporal mais saudável.
Evite bebidas dietéticas | Os adoçantes artificiais são controversos. Se por um lado alguns estudos afirmam que estes não afetam o peso, outros sugerem que as bebidas sem calorias causam aumento de peso por estimularem a fome.
Faça experiências na cozinha | A comida saudável não tem de ser aborrecida, basta que adicione ervas e especiarias. Um estudo da Universidade do Colorado e Denver afirma que estas amplificam o sabor dos pratos e substituem a gordura, sendo na mesma satisfatórias.
Não conte calorias | O corpo não assimila da mesma forma 1.000 calorias de comida de plástico ou 1.000 calorias de comida saudável, apesar do número de calorias ser o mesmo. A dietista sugere que se foque em comida com ênfase na proteína, vegetais e uma fonte de gordura saudável.
Coma açúcar de forma inteligente | Carla Haiser afirma que o corpo só consegue aguentar algum açúcar de cada vez e acumula-o como gordura se for demais. Por isso, a dietista sugere que descubra o que é que o seu corpo consegue aguentar.

Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
Vídeos recomendados
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!