Família

Já é possível pegar no seu bebé antes do parto

A nova tecnologia permite que os pais imprimam, em 3D, o seu bebé. É de loucos, mas é possível.
Por Aline Fernandez, 14.03.2018

Depois do teste sanguíneo que deteta o género, com apenas oito semanas de gestação, e das modernas ecografias em 3D, chegou a vez de inventarem um serviço que ajuda a reduzir (ainda mais) a ansiedade dos nove meses: impressoras 3D que criam réplicas dos bebés.

De acordo com o Daily Mail, a empresa russa Embryo 3D capta as imagens de ultra-sons a partir da 20ª semana de gravidez para montar um modelo tridimensional do feto.

Inicialmente havia apenas a opção de impressão em plástico, contudo, com a evolução do sistema e tecnologia japonesa, já é possível solicitar modelos em gesso ou cobertos com metais preciosos.

No site, a promessa é que a versão do futuro bebé fique pronta em apenas 10 dias. As opções custam aproximadamente €208, €420 e €675.

Apesar de inusitada e até um pouco bizarra, a tecnologia 3D pode, além de fins comerciais, ser usada para fins médicos, ao auxiliar na detecção de alterações físicas em estágio precoce.

Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
Vídeos recomendados
Outras notícias Cofina
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!