Beleza / Wellness

Porque não devemos dormir com meias (segundo um neurologista)

Esta é a razão pela qual, mesmo no inverno, não devemos dormir com as tão desejadas meias, tantas vezes calçadas até por cima das calças do pijama.

Foto: cottonbro / Pexels
15 de dezembro de 2020 | Rita Silva Avelar
Uma boa noite de sono envolve muitos fatores. Há vários anos que os especialistas dão conselhos para o descanso durante as tão desejadas oito horas na cama, como não pegar no telemóvel pelo menos uma hora antes de dormir, beber chá de camomila para ajudar a induzir o sono natural, manter uma boa rotina de exercício físico, não comer demasiado tarde - entre outras recomendações. Mas há uma que pode dividir opiniões: dormir com ou sem meias? Sobretudo no inverno, há quem não abdique de uma bom par de meias quentes, por baixo dos lençóis. Mas será que tal gesto induz o sono, ou pelo contrário?

À Madame Figaro, o neurologista e especialista em sono Alexandre Aranda, explica que os "estudos mostram que para dormir melhor, é preciso até tirar o pés para fora da cama. Isto permite-lhe baixar ou regular a sua temperatura corporal, como fazem os bebés, que muitas vezes têm um pé ou uma mão lá fora." Logo, dormir com meias está longe de ser benéfico para a nossa temperatura corporal. Mas porquê?

Na verdade, as meias podem melhorar o sono e a qualidade do sono se usadas antes de dormir, de acordo com este neurologista, que aconselha a calçar meias "30 a 90 minutos antes de ir para a cama". Depois, tirá-las. O segredo está na temperatura corporal, que entra nos tais fatores que os especialistas defendem que devem estar presentes, para que se tenha uma boa noite de sono. 

A carregar o vídeo ...
Leia também


Como funciona, então, a regulação natural da temperatura corporal, para que esteja ao níveis que nos permitem adormecer? O corpo diminui a sua temperatura interna, mas aumenta a das extremidades. Ou seja, o calor dos pés ou das mãos irá "dilatar os vasos sanguíneos e assim permitir que a temperatura baixe", explica Alexandre Aranda. O que acontece é que "se a meia não for respirável, a temperatura não baixará". E é por isso que é mais difícil adormecer com os pés gelados.

Fazer desporto demasiado perto da hora de deitar ou comer também são atividades que podem interferir com a nossa regulação natural da temperatura. "Estes dois factores aumentam a temperatura corporal, atrasando ou mesmo bloqueando o sono", acrescenta o especialista, à Madame Figaro.
Leia também
Saiba mais Sono, Dormir, Usar Meias, Não usar meias para dormir, Alexandre Aranda, Madame Figaro, saúde, desporto
Mais Lidas