Beleza / Tendências

5 coisas que nunca devemos fazer ao cabelo antes de dormir

Ninguém disse que era fácil ser uma Bela Adormecida dos tempos modernos, e acordar com o cabelo tão impecável quanto ela. Princesas contemporâneas, saibam tudo aquilo que não devem fazer antes de dormir para acordarem com um cabelo saudável e, já agora, dormir melhor.

Foto: Pixabay / Pexels
17 de fevereiro de 2021 Rita Silva Avelar
Já ouviu falar na expressão sono de beleza? Saiba, então, que para o garantir não é suficiente preocupar-se somente com os rituais de beleza habituais antes de dormir, como estar "longe" do telemóvel, limpar bem a pele ou beber um chá de camomila para adormecer melhor. O cabelo também entra nesta equação, e o cuidado que temos (ou não) com ele tem impacto na noite de sono que temos pela frente. Além disso, influencia a nossa saúde capilar. Neste caso, tudo conta, desde a almofada eleita para dormir até à humidade e temperatura que estão no quarto. Até a forma como atamos o cabelo tem impacto na forma como dormimos e acordamos no dia seguinte. Saiba quais são os maus hábitos a abolir a partir desta noite, para um cabelo saudável e uma noite de sono reparadora.

1) Dormir sob uma almofada com uma fronha de algodão

"O algodão é conhecido por absorver a humidade natural do cabelo, deixando-o seco e frisado" revela Ashley Wahler, especialista e cabeleireira das celebridades, à Byrdie. Portanto, é aconselhado que troque a sua fronha por uma de seda, para evitar fios de cabelo com tendência quedradiça e manter o seu cabelo com um aspeto saudável e brilhante.

2) Não atar o cabelo (no sítio certo)

Dormir com o cabelo para baixo parece ser algo natural e que todas fazemos, mas podemos estar a fazer mais mal do que bem, especialmente se o cabelo for comprido. Dormir com os cabelos soltos aumenta a probabilidade de se emaranharem durante a noite e, consequentemente, levar a que quebrem durante o dia, no momento em que tentamos desembaraçá-los.  Assim, a melhor coisa a fazer é atar o cabelo no topo da cabeça para que nunca durma diretamente em cima dele enquanto estiver deitada.

3) Atar o cabelo com elásticos de borracha ou metal

É urgente abolir os elásticos feitos de materiais como borracha ou metal, que danificam o cabelo durante a noite, tornando-o mais quebradiço. Os scrunchies em seda ou materiais mais maleáveis são a escolha certa, pelo menos para o período da noite.

4) Ir dormir com o cabelo molhado

Pelo menos uma vez na vida já lhe aconteceu, confesse. Enrolar o cabelo na toalha, deitar-se e adormecer. As consequências sentem-se logo pela manhã, ao acordar. Provavelmente ganhou "jeitos" estranhos e vai ter que perder mais tempo a secá-lo com mais cuidado e dedicação. Além disso, pode ser algo propício a constipações. 

5) Dormir num ambiente seco

Que o tempo seco e árido é avesso à nossa pele, isso já sabiamos (quem nunca sofreu com os lábios gretados, ou a pele a escamar?). Saiba tal condição do ar pode ter efeitos muito semelhantes e igualmente negativos no nosso cabelo. Se o quarto for naturalmente seco, ou se tiver um aquecedor ligado, o cabelo sofrerá danos, a médio/longo prazo. Tente investir num humidificador, recomendam os especialistas. 
Saiba mais
Cabelos, Dormir, Saúde Capilar, Beleza, Sono, Almofada, Cabelos, Tendências
Leia também

Etat Pur, a marca que vem simplificar a nossa rotina de beleza

Mantendo os bons resultados, claro. De origem francesa, a marca divide-se em duas linhas de ação: uma gama de cuidados com uma textura diferente para cada tipo de pele, e outra de ativos puros para tratar problemas específicos. Tudo reduzido a 3 ou 4 passos.

Já cuidou do seu couro cabeludo hoje?

Com o interesse crescente nos cuidados de pele, são cada vez mais os que olham para a zona do couro cabeludo com a mesma preocupação que dedicam ao resto do corpo.

As Mais Lidas