Rosto&Corpo

Sarah Michel-Stevens, a mulher que já lançou mais de 40 produtos de beleza

A diretora-geral mundial da Galénic veio a Portugal e a ‘Máxima’ sentou-se com ela para conhecer o seu processo de criação e descobrir o novo produto da marca francesa que será lançado em outubro.
Por Aline Fernandez, 10.09.2019

Antes de chegar a Sarah, é preciso perceber a origem do nome Galénic, uma referência à ciência galénica. Por trás do fabrico dos produtos cosméticos da empresa francesa fundada pelo mítico Pierre Fabre, esconde-se uma arte milenar: a da galénica, o que nada mais quer dizer que tirar o máximo partido de uma substância ativa para garantir a eficácia na pele, ao mesmo tempo que se despertam emoções e o prazer pelos sentidos.

Este saber fazer farmacêutico foi aplicado ao mundo da cosmética em 1977. Quarenta e dois anos depois, Sarah Michel-Stevens, diretora-geral mundial da Galénic afirma que a alta-qualidade e a eficiência ainda são as componentes principais do ADN da marca premium. "É um grande desafio, porque fizemos um enorme trabalho nos últimos cinco anos", contou durante a sua visita anual a Portugal.

Diretora global da Galénic há 5 anos, Sarah construiu um percurso cobiçável na área da Beleza. Esteve dez anos na Johnson & Johnson, onde começou como chefe de produto júnior e saiu como diretora de marketing internacional. Depois deixou a sua marca na gigante Estée Lauder, como responsável regional europeia da Darphin.

Desde 2014 a Galénic sofreu uma mudança de planos e imagem e isso deveu-se, em grande parte, à mulher no seu comando. O objetivo de Sarah foi tornar a marca mais atual ao mesmo tempo que regressou à sua base, a de criar fórmulas excecionais com uma galénica única. As mudanças são visíveis nos nomes das linhas, que estão mais simples e objetivas, no packaging e na comunicação. Mais de 40 produtos foram lançados desde a chegada de Sarah e mantém-se o investimento em investigação e desenvolvimento. "O consumidor precisa de perceber para que serve um produto apenas ao ler o seu nome", explicou-nos Sarah. "O que estamos a fazer é também dar um boost na eficácia e no lado sensorial."

Em 2019, há oito produtos novos para descobrir (sete já foram lançados), criados ao lado da mestre de fórmulas da Galénic, Valérie Perier. Sarah fez questão de nos mostrar o último lançamento, previsto para outubro, o Primer Teint Lumière, com uma textura véu, iluminar ao mesmo tempo que matifica a pele. "Pensei em mim mesma, um primer é o básico. Quando uma mulher aplica maquilhagem, chega à hora do almoço e já está mais ou menos, às 17h já quase não há nada. Procurámos criar um produto que faça a maquilhagem durar a longo prazo", acrescentou abrindo o produto para nos convidar a testá-lo. "O mercado precisa de um bom primer", finalizou sorridente, ao afirmar que as criações levam em consideração a união de todas as informações e estudos a que têm acesso. E, claro, por se tratar da Galénic também há ingredientes de cuidados para a pele infundidos. "No final do dia, tudo é sobre cuidar da pele." Para 2020 – e por enquanto – serão lançados quatro produtos inovadores, garante-nos a executiva.

Segundo a chefe de produto da Galénic em Portugal, Tânia Fraga, há dois tipos de consumidoras por cá. "Há uma nova geração de clientes de beleza jovens que querem eficácia e simplicidade, porque não têm tempo", contou. "E há as clássicas. Mulheres que querem cuidar de si mesmas, mas querem aconselhamentos profissionais sobre o que podem fazer e qual é o creme perfeito para a sua pele na sua rotina", explicou ao mencionar o trabalho das consultoras de beleza no contacto direto com as clientes nas farmácias. Entre os produtos mais vendidos, estão a loção hidratante Aqua Infini e o creme anti-idade Secret D'Excellence.

Para além das suras fórmulas de beleza, a Galénic, é uma empresa com mais de quatro décadas de mulheres em cargos de decisão – uma surpresa feliz, mas que está longe de ser uma coincidência. "Hoje é uma história de mulheres, porque há um grande entendimento do que nós precisamos", disse-nos Sarah Michel-Stevens. "Se quiser criar coisas realmente únicas e pensar diferentemente é apenas perceber. Perceber as mulheres é a solução. Quais são as suas necessidades? O que as mulheres querem?"

Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
Vídeos recomendados
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!