Beleza

Tendências Cabelos - Fast Forward

As tendências de cabelos para o outono/inverno não deixam ninguém indiferente.
Por Máxima, 14.11.2012

Inspiradas nos visuais mais icónicos do século XX ou viradas para um futurismo fantástico, com nuances retro ou extravagantes, volumosos ou lisos, todos os penteados foram elaborados com muita luz e um requintado toque de vanguardismo.

Space Invasion Space Invasion
(Ver imagem com mais detalhe na galeria)

SPACE INVASION
Aerodinâmicos, luminosos e visionários, os cabelos mais futuristas foram conseguidos através de novos formatos e estilos polidos. Em Chanel, o tema “futuro gótico” das roupas conjugou-se com lustrosos rabos-de-cavalo em linhas retas. Em Vivienne Westwood, esta tendência traduziu-se em apanhados despenteados com pontas soltas, muita textura e risca indefinida. Em Narciso Rodriguez, o cabelo esculpido e estilizado por Eugéne Souleiman, diretor criativo global da Wella, lembrou o detalhe de uma ilustração, com cada secção e marca do pente a acrescentar uma certa tensão cinética.


Prada/Wella Alexander McQueen/Wella
(Ver imagem com mais detalhe na galeria)

COLOR BLOCKING
A coloração levada a um patamar mais radical não é uma novidade desta estação. De facto, neste último verão, pintar o cabelo em tonalidades de rosa, azul ou verde já foi uma tendência em visível expansão, e que não se dissipou. O twist deste outono/inverno é o das “pontas-mergulhadas-em-tinta”. Adotado em Pringle of Scotland, acabou por ganhar ainda mais força no desfile de Prada. Os cabelos longos e lisos foram pintados num maravilhoso dégradé, das raízes platinadas ao acobreado, terminando em tons de castanho, ou ruivos com pontas pretas, ou ainda castanhos com extremidades brancas. Talvez não tão usável no dia a dia, mas sem dúvida original, foi a coloração em Gaultier, onde as raízes foram pintadas com cores berrantes em spray e as pontas deixadas ao natural.
 

Dsquared²/Pantene
(Ver imagem com mais detalhe na galeria)

BLOW OUT
O volume nunca falta nas tendências de cabelos. Mas as suas diversas interpretações vão variando de desfile para desfile, para agradar a todos os gostos e adaptar-se a todas as ocasiões. Os massivos bouffants dos anos 60, popularizados por Brigitte Bardot, destacaram-se em Dsquared², num estilo perfecionista e com aspeto saudável. Igualmente volumosos mas apanhados na nuca e adornados com fitas largas, muito ao género rainhas de baile, foram os penteados de Moschino Cheap&Chic e Clements Ribeiro. Para reproduzir estes apanhados, são essenciais texturizantes e muita laca, assim como um bom pente de dentes largos para ripar o cabelo.
 

Blumarine/Pantene Balmain/Pantene
(Ver imagem com mais detalhe na galeria)

JOVEM E URBANO
É a tendência para o século XXI, quer seja numa versão polida e bem penteada, ou num género “acabado de sair da cama”, patente no desfile de Unique. Em Blumarine, o estilo italiano traduziu-se num cabelo sexy e com muito volume na coroa. “Teve um acabamento dispendioso e muito brilhante, isto é, um cabelo de menina rica, bem nutrido”, afirma Sam MckNight, embaixador global da Pantene Pro-V. As modelos Balmain enquadram-se sempre neste movimento de simplicidade chique, com cabelos longos e saudáveis, mal repartidos para conferir um toque ainda mais despreocupado.

MAIS>


Miu Miu/Redken Lanvin/Redken
(Ver imagem com mais detalhe na galeria)

RETRO
Os visuais mais vintage, sob a forma de ondulações, apanhados old school ou os célebres bob voltaram a encontrar o seu lugar em todas as capitais de moda internacionais. Em Etro, as secções da frente do cabelo foram trabalhadas com gel, para obter um efeito molhado, e esculpidas em ondas, com a parte de trás solta e seca. Em Lanvin, uma femme fatale com metade do cabelo ondulado e a tapar a cara assumiu um visual de anos 80. Em Donna Karan, fantásticos apanhados ao estilo anos 40 foram penteados para o lado num enrolado clássico, assim como em Valentino, onde os cabelos também assumiram uma bonita forma retro, enrolados em dois canudos laterais, criando uma forma de V na nuca.
 

Fendi/Pantene Thierry Mugler/Pantene
(Ver imagem com mais detalhe na galeria)

POLIDOS
Num contraste com as tendências de cabelos mais extravagantes, os visuais aprumados foram uma opção suave para conjugar com as roupas texturadas e irreverentes. No desfile de Thierry Mugler criaram-se rabos-de-cavalo ao estilo lutador de sumo, com o cabelo bem esticado e preso na parte de trás da cabeça em forma de laçada. Para o desfile de Fendi, entrançados gregos com um toque vitoriano coroaram as cabeças das modelos, num visual clean e controlado. Em Issey Miyake, uma tira de gel, pintada na zona frontal, ajudou a criar uma superfície lisa e brilhante para o rabo-de-cavalo apanhado na base da nuca.
 

Missoni/Wella Marc Jacobs/Redken
(Ver imagem com mais detalhe na galeria)

APANHADOS
Os rabos-de-cavalo foram os apanhados com mais consistência nas capitais da moda. Bem esticados e baixos, como em DKNY ou Issey Miyake, são os penteados mais fáceis para uma mulher moderna. No entanto, alguns estilos tiveram um toque mais refinado. Foi o caso de Missoni, onde foi criado um bob acentuado, com as madeixas laterais do cabelo bem esticadas para trás e o resto do cabelo puxado para trás com espuma e pontas enroladas para dentro. Em Marc Jacobs, apesar dos gigantescos chapéus taparem os penteados, estes estavam elaborados de uma maneira muito engenhosa, ao estilo Lolita, com duas tranças apanhadas em nó, na parte de trás da cabeça. Em Louis Vuitton, um bun de bailarina elevado foi o ideal para usar debaixo dos chapéus.
 

Moschino Cheap & Chic/Pantene
(Ver imagem com mais detalhe na galeria)

ACESSÓRIOS
O inverno pede sempre um toque de brilho. Logo, deve substituir os tradicionais elásticos por uma peça mais bonita para apanhar ou simplesmente enfeitar os cabelos. São opções a considerar. Opulentas bandoletes incrustadas com joias em Dolce & Gabbana e Oscar de La Renta foram as mais requintadas dos desfiles internacionais. Em Clements Ribeiro, Carolina Herrera e Moschino Cheap & Chic, usaram-se fitas de várias cores para tirar o volume dos bouffants junto à testa. Para prender os rabos-de-cavalo, dominaram os laços, as fitas ou os ganchos retangulares como em DKNY e Rochas.

Tags: beleza cabelos penteados tendências
Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
Vídeos recomendados
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!