Cabelos

Cinco passos para reconstruir o cabelo

Proteger, tratar e corrigir. É este o trio perfeito para alcançar um cabelo bonito. Este outono recomendamos cinco passos essenciais para recuperar a cor e a saúde capilar.
Por Carolina Silva, 28.10.2019

    Prevenir e proteger

    Os dias de sol e de idas à praia continuam em setembro e, apesar do regresso ao trabalho, os fins de semana ainda pedem alguns mergulhos no mar. É importante manter a proteção e a hidratação capilar nesta fase de transição, para que os estragos não se intensifiquem. Rute Ricardo, diretora técnica de Jean Louis David, explica que "o uso de protetor solar capilar ajuda a prevenir o desvanecer da cor, bem como a alteração do tom de louro. Mas para se ter uma cor sempre perfeita, devem usar-se gamas ricas em vitamina E e produtos com colorantes, que ajudam a manter e a reavivar as cores". No caso dos loiros, são os tons violeta que ajudam a contrariar o excesso de amarelo. No caso dos castanhos e dos ruivos, são os pigmentos com as mesmas tonalidades que irão evitar os tons acobreados ou laranja.

    Aparar os estragos

    Engane-se quem ainda acredita no mito que cortar o cabelo ajudará a que o mesmo cresça mais forte e saudável. O cabelo nasce na raiz e não nas pontas, razão pela qual cortá-lo não irá influenciar a saúde do couro cabeludo. No entanto, os danos externos vão tornando as pontas mais finas e quebradiças e não cortá-lo poderá prejudicar o comprimento. Quando regressar de férias aposte num corte para remover as pontas espigadas. Fazê-lo irá ajudar a restaurar a cutícula, dando uma nova oportunidade para as pontas recuperarem a sua hidratação e, consequentemente, um aspeto saudável.

    Lavar corretamente

    O banal processo de lavar o cabelo é muitas vezes o ponto de partida para más práticas capilares. Isto acontece porque é frequente a utilização de champôs desadequados, bem como recorrer a temperaturas demasiado elevadas de água ou lavagens que deixam resíduos de produtos no couro cabeludo. É importante escolher um champô com o pH adequado – entre 4,5 a 5,5 –, emulsionar com água e esfregar gentilmente com as pontas dos dedos (e não com as unhas) todo o couro cabeludo, sem esquecer a nuca. Depois de remover todo o champô, deve finalizar com um duche de água fria ou morna. A água muito quente estimula a produção das glândulas sebáceas, enquanto as temperaturas mais baixas ajudam a selar a cutícula, evidenciando o brilho dos fios e diminuindo a oleosidade.

    Tratar diariamente

    Não se fique pelo uso diário do condicionador. Recorra a séruns e óleos para as pontas espigadas, a cremes para evitar o frizz e moldar os caracóis e a máscaras hidratantes. Um bom tratamento capilar irá infundir os fios com nutrientes para que o cabelo consiga recuperar dos estragos, assim como a pele. Pode procurar ingredientes como o abacate, óleo de coco, chá verde ou óleo de argão, conhecidos por hidratarem com eficácia. 

    Hidratar em profundidade

    Hidratar de fora para dentro através de produtos de aplicação tópica não é o suficiente para a pele, assim como não é para o cabelo, que é composto por cerca de 25% de água. É por esta razão que beber dois litros de água se torna ainda mais importante durante o verão, uma vez que irá potenciar que o cabelo nasça saudável e forte.

    Tags: cabelos proteção tratamento saúde capilar outono
    Partilhar
    Ver comentários
    Últimas notícias
    Vídeos recomendados
    0 Comentários
    Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!