Atual

Adeus bidés, a nova e inesperada tendência de casas de banho

Outrora comuns, hoje desaparecidos em combate, os bidés surgem agora reinterpretados em nova e luxuosa louça sanitária com lavagem automática.

Suite Real do Convento do Espinheiro
Suite Real do Convento do Espinheiro Foto: Armando Jorge Mota Ribeiro
30 de dezembro de 2020 | Joana Moreira

Dizia-se que tinham os dias contados. A cada nova casa, muitos eram (e são) os que dispensam o objeto tradicionalmente alinhado ao lado da sanita. Só que enquanto os bidés se foram eclipsando das casas de banho – quantas pessoas conhece que ao renovar a divisão aproveitaram para se desfazer deles? – a sua função ganhava nova interpretação integrada em outros equipamentos.

Com o seu aparente desaparecimento, viu-se uma crescente procura por louça que os substitui. Falamos de sanitas inteligentes, ou smart toilets, em inglês, com sistema de lavagem incorporado, através de jatos estrategicamente posicionados ou mesmo pequenas mangueiras que permitem fazer uma limpeza após utilizar a sanita. Fazem o trabalho do bidé, no fundo.

Na Ásia, há muito que este tipo de equipamentos faz furor. Por cá, a procura tem sido gradual, mas a hotelaria tem liderado a tendência. Ricardo Barreto, Sales Manager do Convento do Espinheiro, explica como a louça sanitária que dispõem no hotel, em Évora, foi escolhida precisamente graças a uma viagem. "A aposta neste detalhe advém de uma viagem do proprietário pelo Japão, antes da construção do Convento do Espinheiro, em que num hotel teve oportunidade de se deparar com esta invenção, no entanto ainda rudimentar!", conta.

Suite Real do Convento do Espinheiro
Suite Real do Convento do Espinheiro Foto: Armando Jorge Mota Ribeiro
Leia também

Após aquisição do Convento em 1999, foi já na fase da estruturação de toda a unidade, com o projeto de arquitetura, que o proprietário do hotel partilhou com o arquiteto responsável a experiência. O objetivo era "criar uma experiência de luxo ao cliente com esta inovação que teve o seu auge no Japão e que evoluiu substancialmente", explica o representante.

Suite Real do Convento do Espinheiro
Suite Real do Convento do Espinheiro Foto: Armando Jorge Mota Ribeiro

Hoje, nos quartos do hotel é possível encontrar o modelo Multiclean Advance Square, da marca espanhola Roca. Trata-se de um assento com funções de lavagem e secagem, para, precisamente, lavar e secar após as necessidades. "O feedback [dos clientes] é bastante satisfatório, uma vez que o cliente para além de já estar num edifício do séc. XV ainda poderá desfrutar da vanguarda da tecnologia, no conforto do seu quarto", acrescenta.

Quarto Grand Luxe Design do Convento do Espinheiro
Quarto Grand Luxe Design do Convento do Espinheiro Foto: Armando Jorge Mota Ribeiro
Leia também

No Six Senses Douro Valley, o hotel vínico de Lamego em que o bem-estar é prioridade, os dez quartos novos inaugurados em setembro de 2019 também contemplam este tipo de sanitas inteligentes. Admitem que é um produto do agrado dos clientes do Médio Oriente e do Japão, mas esse não é o único argumento para a escolha do modelo Duravit SensoWash, da marca alemã Duravit. "O objetivo com a escolha das sanitas eletrónicas é ter peças mais limpas, mais eficientes em termos de gastos de água e também para substituir os bidés, ao mesmo tempo que se poupa espaço", dizem-nos.

Suite Vineyard Rooftop do Six Senses Douro VALLEY
Suite Vineyard Rooftop do Six Senses Douro VALLEY Foto: Six Senses

Este modelo, por exemplo, permite diferentes tipos de intensidade no jato, jato com movimento, regulação de temperatura, e até luz à noite (qual pote de ouro reluzente). Só o vídeo de demonstração dá a sensação de estarmos perante um gadget à frente do nosso tempo – e dos nossos hábitos.

Casa de banho da Suite Vineyard Rooftop do Six Senses Douro Valley
Casa de banho da Suite Vineyard Rooftop do Six Senses Douro Valley Foto: Six Senses
Leia também

Se em tempos o bidé era sinónimo de classe social e status, hoje este último descobre-se após entrar na casa de banho e analisar criteriosamente a sanita. Vai experimentar?

Leia também
Saiba mais Bidés, Six senses, Convento do Espinheiro, decoração
Mais Lidas