Cinema&TV

The Crown : Tudo o que deve saber sobre a temporada 2

É já hoje que estreia a nova temporada da série. Contamos-lhe tudo o que pode esperar dos novos episódios.
Por Ângela Mata, 08.12.2017

A segunda temporada da série The Crown vai acompanhar novos problemas entre o casal Isabel II e Philip, a turbulência no poder político britânico e a chegada do casal John F. Kennedy e Jackie Kennedy à série.

Depois de assistirmos a uma Isabel II (Claire Foy) forçada a colocar, pela primeira vez, a coroa em detrimento da família, ao proibir o casamento da irmã, a princesa Margarida (Vanessa Kirby), vamos agora ver alguns desentendimentos entre o casal Isabel II e Philip a partir do momento em que Winston Churchill deixa de ser primeiro-ministro, em 1955. Mas muito ainda está por ver nesta nova temporada, que estreia hoje na Netflix. Além das novas imagens que lhe mostramos na fotogaleria em cima, isto é o que já sabemos:


1. A temporada 2 vai cobrir toda uma nova década. Começa em 1955 e segue até ao ano de 1964. Vamos poder ver o quão revolucionária a cidade de Londres era nos anos 60, altura em que bandas como os The Beatles se transformaram num fenómeno de sucesso. De recordar que a banda britânica era uma das favoritas do príncipe Carlos e da princesa Margarida. 


2. A história do passado de Philip torna-se destaque central. Durante toda a primeira temporada, a personagem de Philip não foi muito explorada, mas agora será crucial, especialmente no que toca à educação do pequeno príncipe Carlos. A infância de Philip não foi fácil, sendo que alguns detalhes mostrados nesta temporada podem até chocar o público.


3. A relação entre Isabel II e Philip degrada-se. No final da primeira temporada já havíamos assistido a alguma desconfiança entre o casal e agora vamos ver como a própria imprensa começou a lançar algumas farpas em relação ao assunto. Nesta segunda temporada, Elizabeth afirma que "os rumores não desapareceram", referindo-se às supostas infidelidades do marido que durante anos alimentaram a imprensa britânica. É a partir daqui que Isabel II começa a tomar consciência de que tem de dar maior atenção à sua vida pessoal. No entanto, esta tensão entre o casal não dura toda a temporada. As coisas melhoram com o nascimento do terceiro filho, o príncipe André, em 1960.

4. A famosa residência do Primeiro-ministro – Downing Street, 10 – vai precisar de remodelações. Vários primeiros-ministros passaram por ali: depois de Winston Churchill, surge Anthony Eden, que se aguentou durante muito pouco tempo no poder devido à Crise do Suez, acabando por sair em 1957, seguindo-se então Harold Macmillan, que passados sete anos foi substituído por Alec Douglas-Home. 


5. A princesa Margarida vai conhecer o seu futuro marido. Ainda de coração partido por não poder casar com o amor da sua vida, Peter Townsend, apaixona-se pelo fotógrafo inglês Lord Snowdon (Matthe Goode). Casam-se em 1960 e viverão um amor tempestuoso ao longo de 16 anos. Em 1978, divorciam-se depois de vários escândalos. 


6. A chegada de JFK e Jackie Kennedy. Os Estados Unidos foram muito pouco falados na primeira temporada da série, mas agora vão ter algum destaque com a presença do 35º Presidente (Michael C. Hall) em visita oficial a Inglaterra, acompanhado pela mulher Jackie Kennedy (Jodi Balfour).

7. Esta segunda temporada é a última com este elenco. Está previsto que The Crown conte seis temporadas, o que torna impossível que o elenco inicial se mantenha por toda a série, tendo em conta o passar dos anos. As personagens vão envelhecendo e para que o façam de forma convincente serão interpretadas por outros atores. Olivia Colman vai substituir Claire Foy no papel de Isabel II. O restante elenco ainda não é conhecido.

A série estreia esta noite na Netflix. 


Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
Vídeos recomendados
Outras notícias Cofina
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!