Atualidade

População idosa em Portugal volta a aumentar

Os “muito idosos” são cada vez mais. O grupo composto por pessoas com mais de 80 anos duplicou nos últimos vinte anos.
Por Margarida Ferreira, 28.08.2017

Segundo os últimos dados do Instituto Nacional de Estatistica (INE), são já cerca de 630 mil octogenários e nonagenários em Portugal e mais de quatro mil centenários, ou seja, o dobro da realidade que existia há vinte anos atrás.

O grupo chamado "muito idosos" são o segmento populacional com maior crescimento no mundo ocidental e Portugal não é excepção. Apesar de muitas destas pessoas acreditarem manter as suas capacidades cognitivas e de comunicação, este fenómeno representa um enorme desafio para os serviços de saúde e sociais, bem como para as famílias. Em Portugal, este grupo é constituído maioritariamente por mulheres, que representam quase dois terços, sendo que a maior parte destes idosos são analfabetos ou frequentaram apenas os primeiros quatro anos de escolaridade.

Apesar do fenómeno ser positivo, contrariamente ao tempo em que a esperança média de vida era de 60 anos, faltam ainda medidas que acompanhem as necessidades destes grupos e que incentivem à sua integração social. Os especialistas em envelhecimento reforçam que os cuidados de saúde primários, como centros de saúde, a rede de cuidados continuados e a organização da sociedade têm de ser repensadas, de forma a dar apoio a este segmento da população.

Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
Vídeos recomendados
Outras notícias Cofina
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!