Atualidade

Polémicos blocos de atividades da Porto Editora estão de novo à venda

Os livros de exercícios diferenciados para meninos e meninas regressam ao mercado. A CIG lamenta a decisão da Porto Editora.
Por Marta Carvalho, 29.09.2017
Depois da polémica gerada pela venda de livros diferenciados para rapazes e raparigas, que a Porto Editora decidiu mais tarde retirar do mercado, sabe-se agora que os mesmos blocos de atividades estão de novo à venda. Segundo fontes do jornal Público, a editora decidiu suspender a venda dos livros para proceder a uma análise do caso e para denunciar uma "lamentável manipulação". Na passada terça-feira pôs fim à suspensão das vendas depois de comprovar que não existiam "quaisquer discriminações" nas suas páginas.

A Comissão para a Igualdade de Género (CIG) lamentou a decisão da editora e defende que estes livros vinculam estereótipos de género. Quando questionada sobre a decisão da empresa, Teresa Fragoso, presidente da CIG, declarou que a decisão de recolocar os livros de novo no mercado foi da exclusiva responsabilidade da Porto Editora e que "as imagens veiculadas por estes blocos são reprodutoras de estereótipos de género discriminatórios".

Embora a CIG se oponha à venda destes blocos de atividades, a produção conjunta de conteúdos entre a Comissão e a Porto Editora, anunciada antes do regresso destes livros polémicos ao mercado, não é posta em causa e a CIG mantém-se disponível para trabalhar com a editora. "Mantemo-nos disponíveis para colaborar com a Porto Editora no desenvolvimento de conteúdos que fomentem uma educação promotora de igualdade de oportunidades" e que auxiliem o desenvolvimento de "diferentes capacidades das crianças", diz Teresa Fragoso.
Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
A Máxima recomenda
Vídeos recomendados
Outras notícias Cofina
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!