Atualidade

Os portugueses que estão a encantar Locarno

Os filmes portugueses são já dos favoritos no festival de cinema.
Por Ângela Mata, 10.08.2017

O Homem de Trás-os-Montes é o documentário de Miguel Moraes Cabral, um jovem cineasta português que agora está a ser aclamado no Festival de Locarno. Trata-se de uma curta de meia hora que nos conta a história de um cineasta apaixonado pela região do título.

O filme já havia concorrido no Indie Lisboa e foi, na altura, selecionado para a secção Fora de Concurso. O cineasta já antes tinha filmado a mesma região, no documentário Os Caminhos de Jorge (2013). Agora, usa a ficção para de alguma forma dar prolongamento ao primeiro filme. O Homem de Trás-os-Montes consegue ainda brincar com alguns códigos do cinema português, com alguma ironia à mistura. 

Também na secção Cineastas do Presente foi apresentado o filme Verão Danado, de Pedro Cabeleira, uma viagem radical pelos temas de uma juventude atual. Esta longa foi a primeira do jovem de 25 anos, realizada logo após ter terminado o curso da Escola Superior de Teatro e Cinema, em Lisboa. Há quem o aponte como um dos preferidos na corrida ao palmarés.

Até agora, o festival já prestou as devidas homenagens a Nastassja Kinski, que recebeu o Leopardo de Honra, ao ator Adrien Brody e ao realizador americano Todd Haynes. O festival decorre até ao dia 12 de agosto. 

Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
A Máxima recomenda
Vídeos recomendados
Outras notícias Cofina
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!