Gourmet

Os 10 alimentos saudáveis mais esquecidos

Quinoa, abacate, brócolos… Já sabemos que são saudáveis. Está na hora de virar os holofotes para outros alimentos, igualmente benéficos para a saúde, mas raramente lembrados.
Por Máxima, 17.05.2017
1. Ostras

Ricas em ácidos gordos, vitamina D e ómega 3, as ostras são dos alimentos mais nutritivos por caloria. Este molusco é ainda um garante de vitamina B 12 natural, um composto apenas encontrado em alimentos de origem animal, mas depois de consumidas grandes quantidades.

2. Chucrute e kimchi

O chucrute e o kimchi resultam da fermentação de legumes como a couve, sujeitos a um processo de produção de ácido lático a baixas temperaturas. A fermentação (resultado da junção entre o vegetal e o sal) faz com que o valor nutricional do produto aumente, transformando-se num probiótico natural. Os micróbios saudáveis ajudam a digestão e a absorção de nutrientes.

 
3. Carnes escuras e vísceras

As vísceras, como o rim e o fígado, são carnes ricas em gordura e em nutrientes essenciais como o ferro. Apesar de possuírem um elevado número de calorias, não devem ser excluídas da nossa alimentação.
 
4. Algas marinhas

As algas marinhas são uma verdadeira fonte de iodo (um componente essencial para as hormonas tiroideias que, por sua vez, têm um papel fundamental para o funcionamento do organismo). Pobre em gorduras, é um alimento de onde podemos retirar outros nutrientes fundamentais. Este alimento faz parte da alimentação de um dos povos com maior longevidade do mundo, localizado na ilha de Okinawa, no Japão.

5. Gemas

O consumo de ovos está ainda associado ao colesterol elevado e ao desenvolvimento de doenças cardíacas, o que não corresponde à verdade. Os ovos podem mesmo ajudar a melhorar os níveis de lípidos do sangue e a fortalecer o organismo.
 
6. Feijão e lentilhas

Poderá ser uma novidade para si, mas a perda de peso pode tornar-se mais fácil se ingerirmos o feijão e as lentilhas, ao invés de eliminar os hidratos de carbono. Além de darem energia, são ricos em ferro, fosfatos e outros compostos essenciais que não nos fazem "inchar".  

7. Tubérculos 

Inclua o rabanete, os nabos, as cenouras, as beterrabas, as alcachofras-de-Jerusalém e até mesmo as batatas na sua dieta.Os tubérculos fornecem energia e ainda ajudam na libertação de transmissores cerebrais responsáveis pela sensação de bem-estar, como a serotonina, além de serem fontes de vitaminas C, A e do complexo B.

8. Café

O café é mais do que um vício ou uma necessidade matinal, é uma das melhores fontes de polifenóis e outros antioxidantes. É um alimento que protege ainda do desenvolvimento de doenças hepáticas, diabetes tipo 2, entre outras.

9. Queijos secos

Não falamos de queijo processado, mas de queijos envelhecidos como o parmesão ou o asiago, detentores da vitamina k2, um nutriente que ajuda a diminuir o risco de doenças cardíacas e cancerígenas. O segredo (como em quase tudo) está nas quantidades ingeridas.


10. Cogumelos

Usados na medicina chinesa há milhares de anos, os cogumelos ajudam a fortalecer o sistema imunitário e são ricos em antioxidantes. E porque não ficam bem só na pizza, opte por cogumelos frescos e elabore receitas diversificadas.

 

Por Joana Pinheiro Rodrigues

Partilhar
Ver comentários
A Máxima recomenda
Os membros da realeza com mais estilo

Especiais

Os membros da realeza com mais estilo

Da Duquesa de Cambridge à princesa Victoria da Suécia, passando por Charlotte Casiraghi ou Rania da Jordânia. Os membros da realeza que se transformam em verdadeiros ícones de estilo.
Vídeos recomendados
Outras notícias Cofina
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!