Deco

O refúgio de Tommy Hilfigger no Connecticut

O designer restaurou uma emblemática mansão na Gold Coast do Connecticut (EUA) e converteu-a em refúgio familiar.
Por Ângela Mata, 21.11.2017

A propriedade tem o nome de Round Hill e encontra-se situada a pouco mais de 50 km de Nova Iorque. Tendo em conta que está construída no ponto mais alto de Greenwich, consegue ter uma vista incrível.

A casa data de 1939, quando o premiado arquiteto Greville Rickard a desenhou para o magnata do imobiliário Charles Vincent Paterno. Em 1961 foi comprada pelo colecionador de arte Joseph Hirshhorn, que a usou para expor a sua extensa coleção de pinturas dos séculos XIX e XX.

Foi em 2010 que Tommy Hilfigger e a mulher, Dee, resolveram por mãos à obra para transformar a mansão numa confortável casa de campo de família. Toda a decoração interior e exterior da casa reflete a paixão que o casal tem pela Europa.

A sala principal da casa possui um teto espetacular e toda uma série de detalhes, que vão dos cortinados de Martyn Lawrence Bullard para Schumacher aos sofás de George Smith, tapetes da Clarence House e almofadas Scalamandré, provenientes de diferentes marcas, muitas delas europeias.

A cozinha, toda em madeira e mármore, é uma das zonas mais confortáveis da casa e foi recuperada por uma empresa de design de interiores que transformou algumas peças antigas em armários funcionais.

O closet da mulher de Tommy é também um dos ex-líbris da casa, já que consegue refletir o seu próprio estilo, com paredes revestidas a papel pintado à mão J.D. Staron e o chão com uma alcatifa de seda. As cortinas foram desenhadas por Rinfret e bordadas em seda da Holland & Sherry.

Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
Vídeos recomendados
Outras notícias Cofina
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!