Cinema&TV

O filme que está a quebrar estereótipos em Hollywood

O novo filme que junta Robert Redford e Jane Fonda está a mudar mentalidades.
Por Ângela Mata, 29.09.2017

O amor depois dos 60 anos, sobretudo no caso das mulheres, é algo que muito raramente vemos nas grandes produções de Hollywood. Um tema que continua a ser tabu, agora abordado no novo filme com Robert Redford e Jane Fonda, Nós ao Anoitecer.

Cinquenta anos depois, os dois atores reúnem-se num filme que já pôs o mundo a falar sobre o namoro a partir dos 60 anos. O filme conta a história de Addie e Louis, dois vizinhos viúvos que começam a dormir juntos platonicamente para aliviar a sua solidão. A partir daí, começa um verdadeiro romance.

O filme é uma adaptação do livro com o mesmo nome, de Kent Haruf, e é realizado por Ritesh Batra. A longa-metragem já foi apresentada e aplaudida no Festival de Cinema de Veneza, onde os dois protagonistas receberam o Leão de Ouro pelas respetivas carreiras. São duas personagens que já ultrapassaram a barreira dos 60 anos e que têm exatamente a mesma idade na história, algo que também não costuma acontecer nos filmes de Hollywood, onde geralmente a mulher é muito mais nova do que o homem.

A ideia de que o amor tem uma idade limite é aqui trabalhada para desafiar estereótipos e desfazer as ideias feitas pela própria indústria do cinema e reproduzidas pela televisão e pela publicidade. Ideias que não correspondem à realidade, sobretudo nos tempos que correm.

Também aqui se contraria a ideia de que os homens ganham com a idade, ao contrário das mulheres. Afinal, muitas são as grandes atrizes de Hollywood que, com o passar do tempo, veem o seu leque de escolhas de papéis bastante mais reduzido.

Ao contar uma história de amor entre duas pessoas comuns, num momento das suas vidas em que descobrem que há tempo para sonhar e amar, o filme vive da sua história, mas também dos seus dois atores principais. É certo que nos poderá ser difícil olhar para Roberft Redford e Jane Fonda como duas pessoas comuns, ainda assim, quem melhor do que eles ? que interpretaram juntos, há 50 anos, Descalços no Parque ? para nos mostrarem que há densidade e revolução para lá dos clichés?

Nós ao Anoitecer estreia esta semana (29 de setembro), na Netflix. 

Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
A Máxima recomenda
Vídeos recomendados
Outras notícias Cofina
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!