Atualidade

Novo concurso oferece robôs às escolas que conseguirem resolver problema de código

As três escolas que resolverem o problema com o menor número de passos ganham um robô e uma visita a um Fablab.
Por Marta Carvalho, 04.12.2017

A partir desta segunda-feira e até domingo (10 de dezembro), alunos e professores do ensino básico podem aceitar o desafio de construir pequenos programas de computador que ajudem o Astrokid, um astronauta perdido no espaço que quer reparar um satélite e regressar ao seu foguetão. Através da combinação de blocos gráficos de código numa sequência de problemas simples a que podem aceder na plataforma do Movimento Código Portugal (MCP), as escolas portuguesas podem participar, sem inscrição necessária, na segunda edição do concurso e ganhar um robô e uma visita ao Fablab (Laboratório Municipal de Fabricação Digital) mais próximo. Serão vencedores os três grupos que resolverem o problema com o menor número de passos.

O objetivo, segundo a secretária de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Maria Fernanda Rollo, é "promover competências digitais junto daqueles que já vivem numa sociedade eminentemente tecnológica". "Queremos desenvolver programas e ações que permitam sensibilizar e preparar as pessoas, sobretudo os jovens, para saber programar", explicou ao jornal Público, salientando ainda a importância da literacia digital e computacional nos dias de hoje e no futuro.

O Movimento Código Portugal, campanha de mobilização nacional de consciencialização para a importância da literacia digital e computacional, está alinhado com a Computer Science Education Week e com o evento à escala global A Hora do Código, que abrange dezenas de milhões de alunos em mais de 180 países.

Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
Vídeos recomendados
Outras notícias Cofina
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!