Mundo

Merc'Art: arte ao preço da chuva

Entrevistámos c'marie, uma das artistas dos projeto que está a agitar Lisboa, no que respeita à democratização da arte.
Por Máxima, 18.11.2016
O Merc'Art chegou a Lisboa, diretamente até ao tecto do Time Out Market em Lisboa. É que esta é a primeira galeria suspensa em Lisboa, a preços democráticos. Inaugurado no passado dia 17 de novembro, o Merc'Art nasce da vontade de comemorar, partilhar e acima de tudo democratizar a ilustração e a arte urbana. Composta por 50 obras de ilustradores e street artists nacionais, a galeria situa-se nas asnas do Time Out Market. Para lém disso, não é apenas constituída por artistas reconhecidos mas também pelos conhecidos, pelos emergentes e embrionários. 
O merc’art oferece a todas as pessoas a possibilidade de comprarem obras de artistas a preços nunca antes vistos: edições limitadas e assinadas pelos autores a 15€ e 25€, originais a partir de 250€.

Para além disso, estão à venda 2.500 postais e a sua venda reverterá a favor da HeArt, uma associação sem fins lucrativos que tem como objetivo divulgar e promover o trabalho artístico das pessoas com deficiência

Entrevistámos c'marie, uma das artistas portuguesas convidadas a criar uma ilustração para este projeto. 

Como é ser artista em Portugal?

Não é fácil. Num país onde a cultura é posta em segundo plano, são inúmeras as situações em  que o nosso trabalho é pouco valorizado. Até nós, artistas, nos desvalorizamos um bocadinho. Às vezes aceitamos encomendas e orçamentos que não queremos para poder pagar contas, arranjamos part-times que nos consomem a vontade, criatividade e tempo porque 'viver só de desenhos' não dá. Porquê? É pouco certo e seguro, e porque a maioria dos convites e propostas que temos, são para 'divulgação do trabalho ou para acrescentar ao portfólio'.

Ainda assim, há que tentar ser-se positivo. tem que se lutar muito, é certo, mas se queremos chegar longe temos que nos fazer ouvir. Hoje em dia as plataformas online são uma grande ajuda de autopromoção, assim como streetart e exposições desta natureza (mercart). Tem que se insistir mas é por uma boa causa.

Qual é o seu maior sonho enquanto ilustradora?

Ainda que desenhe desde que me lembro, incluindo em toalhas de papel de restaurantes, o meu percurso enquanto ilustradora está no início. Sou ainda muito pequenina nesta área, mas confesso, já me vou permitindo a alguns sonhos e vontades. Gostava muito de ilustrar artigos, livros, murais, mas acima de tudo, gostava de conseguir viver com o meu trabalho. Muitos artistas evitam ou desvalorizam esta questão, mas eu creio que é um erro. 

ilustração é uma das minhas formas de comunicar com o mundo, de deixar uma espécie de legado, contribuição, e gostaria de poder ter a ilustração como 'emprego', sentir-me realizada e feliz.  

Como surgiu a oportunidade de participar no Merc'Art?

Terminei recentemente o meu Mestrado em Artes Plásticas e senti finalmente aquele arrepio que há tanto evitava.. o ingressar na vida adulta, o mercado de trabalho, a pressão social (e própria) de arranjar um emprego sério. Enviam-se candidaturas, alguns e-mails que não têm resposta, outros que nos enchem de esperança mas que por aí ficam. 

Decidi então fazer uma venda online de trabalhos, a preços acessíveis e por sorte, a J de Montaigne, uma artista plástica, comprou uns desenhos meus. 

Creio que gostou bastante, porque acabou por dar o meu contacto à organização do Merc'art, que no fim me selecionaram e convidaram a ingressar  no evento.

Como vê este género de iniciativas?

Tenho pena que não haja mais! Estas iniciativas são positivas para a comunidade artística, para o público que visita e frequenta o espaço e individualmente para o artista que tem hipótese de divulgar e vender o seu trabalho. 

O que significa a obra criada para o projeto? Qual o conceito?

Esta obra ilustra um sonho, em que o peixe representa a consciência da rapariga.


Por Rita Silva Avelar
Partilhar
Ver comentários
A Máxima recomenda
Vídeos recomendados
Outras notícias Cofina
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!