Música

Let the music play

O ano mal começou mas já são muitas as páginas da agenda com concertos assinalados. Comerciais ou alternativos, em registo intimista ou de festival, de espírito indie ou mood nostálgica. Há música para todos os ouvidos, ocasiões e estados de espírito. Press play.
Por Máxima, 07.02.2017
Seguimos em português rumo a fevereiro, mês em que Rita Redshoes apresenta Her, o seu mais recente trabalho, primeiro na Casa da Música (dia 22), no dia seguinte em Lisboa, no Teatro Tivoli BBVA. A pensar nos mais pequenos, não podemos deixar de referir o belo e inspirador projeto Mão Verde. Capicua e Pedro Geraldes, desta vez acompanhados de uma banda, apresentaram um espetáculo consagrado às boas histórias e à causa ecológica no dia 5, na Casa da Música.

Março chega com aquele que será um dos nomes mais incontornáveis da música nacional, desta vez a aventurar-se por território sul-americano entre os dias 9 e 12: Camané faz-se acompanhar pela Orquestra Metropolitana de Lisboa para, no Teatro São Luiz, cantar fados e tangos, em jeito de homenagem à cultura ibero-americana, neste ano em que Lisboa é sua capital. Abril, músicas mil, canções para todas as idades e gostos: no Meo Arena, os mais jovens podem copiar os passos de dança de Bruno Mars, que atua dia 4; já os mais velhos (mas não só) podem aplaudir o rei Roberto Carlos, que regressa a 19. Quem também está de volta, para regozijo de uma considerável legião de fãs, é David Matthews, acompanhado de Tim Reynolds para um espetáculo intimista nos Coliseus (10, em Lisboa, e 11, no Porto).

Maio começa bem com o melodioso José Gonzalez que atua nos dias 2 e 3, primeiro na Casa da Música, depois na Aula Magna. Junho abre com o muito esperado (e provavelmente esgotado) concerto dos Guns N’ Roses, dia 2, no Passeio Marítimo de Algés. E a onda revivalista estende-se até 26, dia de Aerosmith no Meo Arena, palco que recebe ainda Ariana Grande, dia 11. O NOS Primavera Sound (entre 8 e 10) dá o pontapé de saída para os festivais de verão, levando ao Porto nomes como Angel Olsen, Metronomy, Justice, Elza Soares ou Rodrigo Leão & Scott Matthew, sem esquecer o muito esperado regresso de Bon Iver. Em julho segue a peregrinação, com o NOS Alive a prometer três noites mágicas no Passeio Marítimo de Algés: The Weeknd, The xx, Foo Figthers, Imagine Dragons, Alt-J, Phoenix ou The Kills são apenas alguns dos nomes já confirmados para o festival que decorre entre os dias 6 e 8. Nos dias 13, 14 e 15 é a vez do Super Bock Super Rock ecoar no Parque das Nações: Deftones e Red Hot Chilli Peppers são dois dos nomes já confirmados. No mesmo fim de semana, o Porto recebe o Meo Marés Vivas, com as presenças de Sting e Bastille.

Em agosto, a música espalha-se para Norte e Sul do país: primeiro no Meo Sudoeste, agora mais consagrado aos sons da eletrónica (e um público mais jovem). Este ano o festival decorre entre 1 e 5 e tem como certa a atuação do DJ e remixer holandês Martin Garrix. Entre 16 e 19, é a vez de Paredes de Coura, com um cenário sempre mágico embalado pela música de Foals, Beach House, Benjamin Clementine ou !!! (Chk Chk Chk). O mês não termina sem que se faça festa em Vilar de Mouros (25, 26 e 27), com Tindersticks e The Waterboys ou Linda Martini e Samuel Úria, entre outros.
 
Por Rita Lúcio Martins
Partilhar
Ver comentários
A Máxima recomenda
Os membros da realeza com mais estilo

Especiais

Os membros da realeza com mais estilo

Da Duquesa de Cambridge à princesa Victoria da Suécia, passando por Charlotte Casiraghi ou Rania da Jordânia. Os membros da realeza que se transformam em verdadeiros ícones de estilo.
Vídeos recomendados
Outras notícias Cofina
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!