Cinema&TV

Estreia da semana: 120 Batimentos por Minuto

Robin Campillo entrega as suas memórias do tempo da Act Up Paris em 140 minutos de filme. Fala-nos sobre a sida e a decadência das instituições francesas em 1990, num espetáculo de emoções que agarrou Cannes à primeira imagem.
Por Carlota Morais Pires, 07.12.2017

Há quatro anos que Robin Campillo não realizava um filme. Depois de Eastern Boys, que lhe trouxe uma mão-cheia de nomeações e três prémios para a melhor realização nos festivais de Veneza, Cracóvia e Santa Bárbara, o cineasta refugiou-se, dedicou-se à escrita e ajudou a criar os argumentos de quatro filmes entre 2014 e 2016.

Agora, volta a agarrar a câmara para contar a história do Act Up, um grupo de ativistas que, mesmo no início dos anos 1990, quis agitar França e acordar Paris para a realidade. Os homens e mulheres da Act Up diziam-se soldados, mas nunca quiseram usar violência. Bastava-lhes quebrar o silêncio que abafava a existência de uma doença sexualmente transmissível e mortal, chegar às pessoas e falar-lhes sobre a importância da prevenção da sida. 120 Batimentos por Minuto foi uma das maiores surpresas da 70.ª edição do Festival de Cinema de Cannes, onde recebeu o Grande Prémio do Júri.

Mais do que um filme, 120 Batimentos por Minuto é uma performance, uma crítica dançada (mas nem por isso leve), que nos quer fazer pensar sobre uma crise política que dura até agora e também sobre a inércia das instituições. Por outro lado, o filme também tem provocação e sex appeal. É uma abordagem inesperada, mas importante: leva o espectador a espreitar o círculogay de Paris dos anos 90, consegue tocar em tudo o que queremos ver e saber ao mesmo tempo que afasta preconceitos ou estereótipos.

A interpretar as personagens principais estão Nahuel Pérez Biscayart e Arnaud Valois. O argumento foi escrito por Campillo, ele próprio uma parte do grupo da Act Up,a que se juntou quando terminou a Universidade em 1992. Agora entrega-nos as suas memórias, fragmentos do passado que continuam a ter relevância agora, projetados no grande ecrã.

                            

 

Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
Vídeos recomendados
Outras notícias Cofina
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!