Atualidade

É a primeira vez que um pelotão de Marines será dirigido por uma mulher

Uma jovem tenente conseguiu superar com sucesso as 13 semanas de treino intensivo que lhe permitirão liderar 40 homens em combate. O treino só foi aberto a mulheres em abril de 2016.
Por Marta Carvalho, 26.09.2017
Embora mantenha o anonimato, a primeira mulher a comandar um pelotão em combate já fez história neste corpo das Forças Armadas norte-americanas. Depois de superar um treino físico extremo de 13 semanas ao lado de 88 Marines, a tenente foi promovida a oficial. Em comunicado, o general Robert Neller explica que "os Marines têm o direito de ter oficiais competentes e capazes e merecem-no. Os oficiais promovidos preenchem todas as condições para se prepararem para o seu próximo desafio, o de dirigir Marines, incluindo em combate". O general disse ainda sentir-se muito orgulhoso da tenente e de todos os que conseguiram superar a prova.

O Governo do anterior Presidente, Barack Obama, suprimiu em 2016 as últimas discriminações em função do sexo nas Forças Armadas, e desde então o Exército abriu às mulheres todos os postos de combate, incluindo forças especiais, infantaria e blindados.
Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
A Máxima recomenda
Vídeos recomendados
Outras notícias Cofina
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!