Artes

Dez anos depois, o Louvre Abu Dhabi é finalmente inaugurado

O museu conta com 23 galerias e foi inspirado na arquitetura tradicional dos Emirados Árabes Unidos.
Por Marta Carvalho, 09.11.2017

Há dez anos, a cidade de Abu Dhabi pagou quase 750 mil euros ao Louvre de Paris para poder, durante os 30 anos seguintes, usar o mesmo nome na fachada do novo museu da capital dos Emirados Árabes Unidos. O projeto, que sofreu alguns atrasos, é um empreendimento milionário criado com o objetivo de colocar Abu Dhabi no centro da rota mundial de arte e, após uma década, está finalmente pronto.

O museu é composto por mais de cinco dezenas de blocos brancos rodeados por água, tem 23 galerias e uma enorme cúpula prateada que pesa 7.500 toneladas. A arquitetura é do francês Jean Nouvel, que contou ao jornal The Guardian que "queria criar um bairro de arte e não um edifício". Para esta estrutura, Nouvel inspirou-se na arquitetura tradicional dos Emirados Árabes Unidos e "na forma como a luz atravessa o telhado de um souk ou as folhas de uma palmeira".

A coleção permanente, que está dividida em 12 capítulos, que vão desde a Pré-História aos tempos modernos, tem como objetivo encontrar ligações entre diferentes culturas e regiões, aproximando-as. São 300 obras ao todo, inspiradas por 13 museus franceses, que incluem um autorretrato de Van Gogh e a La Belle Ferronniere, de Leonardo da Vinci.

Os bilhetes para a inauguração a 11 de novembro já esgotaram, mas a partir desse dia o Louvre de Abu Dhabi está aberto todos os dias das 10h00 às 20h00 e às quintas e sextas até às 22h00.

Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
Vídeos recomendados
Outras notícias Cofina
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!