Artes

Cultura: o que vai acontecer em 2018

De novos álbuns a exposições de moda, a concertos imperdíveis a livros que entram já na wishlist deste ano, estes são alguns dos acontecimentos e novidades para 2018.
Por Rita Silva Avelar, 27.12.2017

Os novos álbuns de The Prodigy e Artic Monkeys

Os legendários britânicos The Prodigy vão aventurar-se com um sétimo álbum, depois de anunciarem uma nova aliança à empresa BMG Rights Management que irá publicá-lo já no início do próximo ano. O anúncio, que foi feito pela banda através da sua página de Facebook, também  revelou a chegada de um novo single. Publicado em 2015, The Day Is My Enemy  é o último álbum da banda. No caso dos Artic Monkeys, a notícia foi dada pelo baixista da banda Nick O’Malley numa entrevista. Em 2018 a banda vai apresentar o seu sexto álbum (o último foi um sucesso, em 2013, chegando ao top 1 britânico dos mais ouvidos) mas ainda pouco se sabe. Interpol, Bastille, Nicki Minaj e Vampire Weekend também terão novidades em 2018.

A companhia Olga Roriz vai ter um novo espectáculo

Todas as peças Roriz "se encadeiam formando um mapa de vida, das várias paragens e partidas em direção a uma nova viagem, escolhida com a coerência instintiva da criadora de uma forma pessoal e intransmissível", podemos ler no anúncio da nova peça da coreográfica, que apresentou Síndrome, em junho passado. Ainda sem detalhar o novo espectáculo de dança contemporânea, sabe-se que se inspirou na vida e na obra de Ingmar Bergman – e se foca na intensa presença de mulheres do realizador, quer tenha sido na esfera amorosa como na profissional. Como a própria escreve no site da Companhia, "a verdade é que as mulheres de Bergman não são um mito, elas existem em todo o seu esplendor e complexidade. As referências são esmagadoras, tanto na quantidade como na dificuldade de análise e interpretação de cada personagem. É nessa visão do realizador que me irei inspirar, nesses homens e mulheres assustadoramente reais, na solidão em luta constante com o interior, em busca incessante de entendimento de si próprios e dos outros." A peça estreia nos dias 27, 28 e 29 de abril de 2018 e é uma coprodução com o Teatro Nacional São João, no Porto.

Rose McGowan e Zadie Smith publicam livros

São duas publicações literárias que estão já na nossa wishlist. Uma delas é o muito esperado livro autobiográfico Brave, escrito pela atriz e ativista Rose McGowan (que, aliás, teve uma voz importante e decisiva no caso Weinstein, na linha da frente das mulheres que destaparam o caso de abusos sexuais por parte do produtor) onde relata não só os episódios de abuso que viveu no mundo do cinema, em Hollywood, mas também a sua complicada infância. Brave fica disponível a 30 de janeiro, em Amazon.com. Feel Free é a segunda compilação de ensaios da escritora Zadie Smith, onde o seu olho clínico contemporâneo capta, à luz da sua própria vivência, a atualidade política, cultural e criativa do momento. Escrito num tom sempre humorístico e acutilante, como sempre habituou o leitor, Feel Free a 6 de fevereiro, em Amazon.com.

Benjamin Clementine regressa a Portugal

Depois de ter sido dos artistas mais aplaudidos na edição passada do festival Paredes de Coura, o músico inglês Benjamin Clementine regressa a Portugal para três concertos integrados na digressão The Wandering Tour, na qual apresenta o seu segundo álbum I tell a fly. A 26 de março atuará no Centro Cultural de Viana do Castelo, no dia 27 no Centro de Artes e Espetáculos da Figueira da Foz e no dia 29 na Praça do Campo Pequeno, em Lisboa.

Alicia Vikander protagoniza Lara Croft em Tomb Raider

Nunca imaginámos outra atriz que não Angelina Jolie no papel de Lara Croft (interpretou a personagem em 2001, no filme Lara Croft: Tomb Raider), mas saber que Alicia Vikander iria agarrar o papel desta heroína perdida na ilha em que o pai desapareceu em Tomb Raider, o remake da saga de videojogos que chega aos cinemas em março de 2018, deixou as espectativas bem altas quanto à personagem. A atriz sueca (que também é dançarina) conquistou em 2016 o Óscar de Melhor Atriz Secundária com o filme The Danish Girl e é uma das mais promissoras atrizes da sua geração. Estreia nos Estados Unidos a dia 16 de março de 2018.

As exposições de Martin Margiela e Azzedine Alaia

O Museu da Moda de Paris recebe a exposição Martin Margiela Retrospective dedicada ao trabalho do criador belga e fundador da Maison Margiela, com momentos do seu percurso na moda e no design desde a primeira coleção primavera/verão em 1989 até à da mesma estação, em 2009. A curadoria, a cargo de Alexandre Samson, terá mais de 100 peças em exibição, muitas delas de edições especiais como Oversize Collection, Barbie Collection ou Artisanal Collection, sem esquecer as peças de assinatura mais marcantes no processo criativo do designer ao longo dos anos. Em exibição de 3 de março a 15 de julho no Museu da Moda de Paris (Palais Galliera). Em maio, é a vez Museu do Design em Londres celebrar a vida do designer Azzedine Alaïa, que faleceu a 18 novembro passado, com uma exposição de moda onde figurarão mais de 60 peças que ilustram o savoir-faire de Alaïa na alta-costura. De 10 de maio a 17 de outubro no Museu do Design, Londres.

Os festivais NOS Alive e Rock in Rio Lisboa

Com um a cartaz que convence facilmente qualquer admirador de música no geral, o NOS Alive traz ao Passeio Marítimo de Algés, de 12 a 14 de julho, artistas como Pearl Jam, Two Door Cinema Club, Queens of the Stone Age, The National, Future Islands ou Portugal. The Man. O bilhete diário custa €65 e o passe de dois dias custa €124. Uma semana depois, nos dias 23, 24, 29 e 30 de julho, o Rock in Rio Lisboa traz a Portugal nomes como Muse, The Killers, Bruno Mars, Demi Lovatto, Anitta ou Agir. O valor do bilhete diário é de €69, o passes para dois dias custa €117 (23 e 24 ou 29 e 30), e o passe VIP €320. Todos os espectáculos acontecem no Parque da Bela Vista, em Marvila.

A conferência sobre arquitetura, som e arte no MAAT

O Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia traz a Portugal nomes como Diller Scofidio + Renfro, Snohetta, Bill Fontana, Xavier Veilhan, o crítico do NYT Michael Kimmelman, para uma conferência exclusiva sobre arquitectura, som e arte a decorrer no dia 12 de fevereiro. Ao longo de um dia, este evento internacional trará a Lisboa os melhores criadores de espaços sonoros e experiências acústicas do mundo onde se discutirão temas que vão da inovação tecnológica nos ambientes sonoros, à criação de experiências acústicas pioneiras. O line-up completo da conferência e os restantes speakers serão anunciados durante o mês de janeiro.

Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
Vídeos recomendados
Outras notícias Cofina
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!