Mundo

Celebridades partilham histórias de abusos sexuais com a hashtag #MeToo

O tweet da atriz e ativista Alyssa Milano acabou por transformar-se numa campanha que defende as vítimas de abusos sexuais.
Por Marta Carvalho, 16.10.2017
Depois do escândalo que envolveu as acusações de abusos sexuais feitas ao produtor de Hollywood Harvey Weinstein, muitas celebridades vieram falar publicamente sobre as suas histórias enquanto vítimas do produtor. Os testemunhos acabaram por servir de exemplo a milhares de mulheres em todo o mundo, que desde então têm usado as redes sociais para partilhar as suas histórias.

Ontem à noite, o Twitter e o Facebook encheram-se de testemunhos de abusos sexuais depois da atriz e ativista Alyssa Milano partilhar, também no Twitter, a hashtag #MeToo, que encoraja vítimas a partilharem as suas histórias de forma a ilustrar a magnitude do problema. "Se alguma vez foram vítimas de abusos sexuais, escrevam #MeToo em resposta a este tweet", escreveu Milano. Hoje de manhã, dezenas de milhares tinham já respondido e partilhado as suas histórias.

Algumas das celebridades que responderam a Milano foram Lady Gaga, que já tinha falado sobre a violação de que tinha sido vítima anteriormente, Gabrielle Union, Barry Crimmins, que falou enquanto vítima do sexo masculino, Anna Paquin, Javier Muñoz, Patricia Arquette, que já tinha falado sobre uma má experiência com o produtor Oliver Stone, Rosario Dawson e Evan Rachel Wood. A cada hora que passa, o número de respostas ao tweet continua a aumentar.

 

Partilhar
Ver comentários
Últimas notícias
Vídeos recomendados
Outras notícias Cofina
0 Comentários
Subscrever newsletter Receba diariamente no seu email as notícias que selecionamos para si!